Menu

Notícia Capixaba - Navegação

Home Vargem Alta Comunidade

Comunidade


Prefeito de Vargem Alta diz que a linha férrea perdeu utilidade, dificulta o trânsito, e poderá ser removida

 

13.04.2018

 

 

A linha férrea que atravessa a cidade de Vargem Alta, na região serrana Estado, pode ser removida. O ramal ligado à Vale S/A, segundo o prefeito do município, João Chrisóstomo Altoé, perdeu utilidade e dificulta o trânsito "gerando constantes congestionamentos". Nesta quarta-feira (11), a senadora Rose de Freitas (PODE) recebeu o prefeito para tratar do assunto na sede da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), em Brasília.

 

Durante reunião com o diretor-presidente da ANTT, Mário Rodrigues Junior, Rose cobrou agilidade na solução do caso e o prefeito explicou a necessidade da operação. "No momento atual, percebemos que não está parecendo uma atividade comercial ativa desta [linha]. [A remoção] será para nós um desafogo na viabilidade urbana de trânsito, resolvendo nossa deficiência de uma cidade que não fora projetada para ter essa estrutura", justifica Altoé.

 

Informação da Assessoria Senadora Rose de Freitas - Foto: Marcos Debona

Além dos congestionamentos, o prefeito também explicou que a linha é um empecilho para os caminhões de transporte da cidade. "Mostramos a necessidade de desafogar o tráfego rodoviário, que todos os dias vêm causando transtornos, pelo motivo de transporte de pedra artesanal, baús que transportam produtos hortifrutigranjeiros, além do transito de passagem e cargas normais do dia a dia", apontou.

 

O presidente da ANTT se comprometeu em realizar estudo sobre a viabilidade da remoção da linha férrea e responder na próxima semana. "Vamos montar um estudo de viabilidade e descobrir o melhor caminho. Pode ter certeza que a senhora [senadora Rose de Freitas] será atendida", afirmou Mário Rodrigues Junior. Consultada pela prefeitura, a Vale S/A se colocou à disposição para solucionar o caso.
 

 

 

 

 

 

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

 

Comentários Facebook


Agora ficou mais fácil para você leitor,
sugerir pautas e interagir com o jornal.

 

  (28) 99938-5959

  noticiacapixabaes@gmail.com

 

Siga-nos no Facebook!

Notícia Capixaba

 

O Portal Notícia Capixaba é campeão de acessos no segmento de portais de notícias regionais e se esforça para atender o cidadão com o que há de mais profissional em informação.

 

© 2017 Notícia Capixaba. Todos os direitos reservados.