Menu

Notícia Capixaba - Navegação

Home Cachoeiro de Itapemirim Política

Política


Em entrevista prefeito Victor Coelho fala de dificuldades e conquistas, e diz que Cachoeiro vai se transformar em um canteiro de obras

 

22.12.2018

 

 

Foto: Portal Notícia Capixaba

 

Rael Sérgio/Mariany Coelho

 

O prefeito do município de Cachoeiro de Itapemirim, Victor Coelho (PSB), concedeu uma entrevista para o portal Notícia Capixaba, onde falou das dificuldades encontradas nesses dois anos de mandatos e também dos avanços obtidos pela sua administração. O socialista lembrou os desafios que é gerir uma cidade, mas ressaltou o empenho de todos para transformar Cachoeiro em um canteiro de obras.

 

Notícia Capixaba: além de um quadro de crise financeira, e vendo minguar os repasses de verbas dos governos federal e estadual, quais ainda as condições encontradas pela gestão ao assumir a prefeitura?

 

Prefeito Victor Coelho: nos primeiros 6 a 8 meses da gestão vimos com muita insegurança por não confiar nos dados que encontrou, tinha um sistema de gestão que não nos dava confiança nos recursos que tinha, estava trabalhando meio que a cegas, tanto que fizemos uma nova licitação e adquirimos um outro sistema que está funcionado agora. Esse sistema temos plena convicção de que tem de dinheiro em caixa, então o recurso que encontramos não nos dava segurança de dizer se podíamos fazer algum investimento. Passamos quase um ano meio que a cegas sabendo que tem o recurso ali, mas, sem poder utilizar por conta dessa insegurança fiscal. Resolvido esse problema e muitos outros ajustes que fizemos, nos deu a condição de fazer aquele anúncio de 55 milhões de investimento com recurso próprio, pra dois anos. Não vou ser hipócrita em dizer que a gente encontrou a prefeitura financeiramente razoável, mas administrativamente e da forma fiscal um pouco bagunçada, então buscamos resolver esses problemas para nos dar segurança e garantia do que estava ali era real ou não.

 

Notícia Capixaba: hoje o senhor pode falar que a casa está arrumada, e também, uma avaliação desses dois anos a frente da administração do município?

 

Prefeito Victor Coelho: ainda tem muita coisa para fazer, ainda tem muita coisa que pode ser melhorada. Quem vem da iniciativa privada, como eu, trabalha a gestão não buscando pensar com a cabeça de político, tem muito político que vende a dificuldade para colher uma solução lá na frente, na hora de eleição, esse não é o meu propósito. Quando encontramos alguma dificuldade ou problema, busca solução para dar melhoria no sistema como um todo, encontramos aqui setores sem nenhum procedimento administrativo, sem nenhum regramento, sem nenhuma norma de instrução, temos construído isso, fluxo de processo, tem muita coisa que você pode ir enxugando para melhoria do andamento de um processo, da abertura até a finalização de uma licitação que demorava 90 a 120 dias, hoje já estamos fazendo com 45 dias, tem muita coisinha administrativa ainda, até treinamento de servidores que estão a 20 e tantos anos acostumados da mesma forma de trabalhar que estamos mudando a cabeça a consciência dessas pessoas de trabalhar com uma mentalidade diferente, isso é com o passar do tempo, vai passar minha gestão ainda, a mesma filosofia tem que continuar, essa cultura para que os processos andem mais rápidos.


Notícia Capixaba: de uma forma resumida cite as principais ações realizadas e projetos implementados ao longo desses dois anos, na sede e interior da cidade?

 

Prefeito Victor Coelho: os dois primeiros anos foram de trabalho interno muito bruto, que ainda vai ocorrer nos próximos dois anos, mas acho que em menor escala. O que já fizemos nos dois primeiro anos nos dá uma possibilidade de mais entregas na segunda metade do mandato. Economizamos recursos, recuperamos 80 máquinas que estavam paradas, um patrimônio de 7 milhões de reais, fizemos várias aquisições ao longo desses dois primeiros anos, trocamos os alugueis das viaturas da guarda para dez viaturas adquiridas, patrimônio do município, adquirimos sete vans, 28 veículos, quatro pás carregadeiras, adquirimos caminhão pipa, caminhão caçamba, tá chegando ônibus, vem mais veículos de tração 4x4, tudo isso com recurso próprio. Nós mais temos resolvido problemas antigos, é o cenário que encontramos, as obras que vem no futuro são consequência do nosso trabalho.

 

Notícia Capixaba: o senhor sendo base do governador eleito, Renato Casagrande, qual será o planejamento para os dois últimos anos de governo?

 

Prefeito Victor Coelho: Independente de ser base aliada, tem um tempo que eu conheço o Renato, pela amizade que eu tenho com ele, e ele de publico já declarou isso nas entrevistas. Renato é uma pessoa muito inteligente, é um gestor muito capacitado, muito antenado com o Espírito Santo, e ele percebe a desigualdade que o norte do estado teve em relação ao sul do estado, o disparate por causa da sudene por conta de incentivos, ele vê esse desequilíbrio. E ele já declarou que o sul do estado merece um olhar diferente agora nessa gestão, então independe de eu ser base aliada ou não, o governador já declarou isso, e ele declarou também que quer começar esse desenvolvimento por Cachoeiro, por Cachoeiro ser polo dessa região, não adianta você fazer isso em outras cidades menores que não tenham um suporte, uma condição de logística como Cachoeiro tem pra desenvolver o sul como um todo. Nós precisamos pensar a região como um todo, hoje Cachoeiro proporciona melhores condições de viabilidade para várias questões, mas tem outras cidades que tem outros potenciais que precisam ser explorados, e se todos nós nos unirmos nesse propósito, por isso que quero fazer esse movimento junto com os prefeitos de conclamar eles para esse movimento regional sul, todos precisam estar unidos em um propósito que venha gerar desenvolvimento para o sul como um todo. Esse é o meu pensamento e o pensamento que o Renato tem também, por isso eu acredito que Cachoeiro vai ser beneficiado, mas o sul do estado vai ser beneficiado como um todo com a visão empreendedora que o Renato tem.


Notícia Capixaba: não vou polarizar, mas como anda seu relacionamento com o vice-prefeito, Jonas Nogueira (PP)?

 

Prefeito Victor Coelho: Desde o início da gestão eu convidei o Jonas para assumir uma pasta, que a meu ver é uma pasta estratégica, até pensando politicamente, que é a pasta de desenvolvimento econômico. Num momento de crise que vivemos no país, se você fizer um bom trabalho e despontar até a nível regional, porque Cachoeiro tem que pensar em desenvolvimento econômico como região e não simplesmente como cidade, se souber trabalhar essa pasta, você cresce politicamente. O Jonas preferiu não assumir nenhuma pasta, ele queria ficar livre auxiliando todas as pastas onde ele pudesse, pediu essa liberdade, eu entendi, e nesse sentido ele tá livre para exercer o cargo de vice naquilo que compete o cargo, quando eu não estou presente ele me substitui em alguma reunião. Depois da eleição de 2018, no qual ele foi candidato, eu não tive nenhuma conversa pós-eleição com o Jonas, até porque eu não tive tempo para procurá-lo envolvido com muitas questões administrativas, como ele não se interessou em algum tipo de aproximação para mostrar: prefeito, posso ser útil em alguma coisa? Que desde o início da gestão ele abriu mão, então se alguém quer se mostrar útil, ele que venha me procurar, estou aqui à disposição. Então, como ele não fez nenhum gesto de se aproximar, não fiz nenhum gesto de querer utilizá-lo, estou utilizando ele no cargo institucional de vice-prefeito, que ele foi eleito.

 

Notícia Capixaba: que legado pretende deixar no final do mandato?

 

Prefeito Victor Coelho: Se eu conseguir chegar nesse objetivo das pessoas olharem e dizerem: eu amo minha cidade, eu preciso cuidar mais da minha cidade, o poder público não é o único que tem que ficar olhando pela minha cidade, eu também posso dar minha parcela de contribuição, não só pagando impostos, mas também ajudando a fiscalizar, ajudando a cuidar, ajudando a varrer minha própria rua, ajudando a jogar o lixo no lixo! Criar essa mentalidade cidadã em cada cachoeirense, que cada um sinta orgulho de morar aqui. Se eu conseguir deixar esse legado eu estou feliz.

 

 

 

 

 

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

 

Comentários Facebook


Agora ficou mais fácil para você leitor,
sugerir pautas e interagir com o jornal.

 

  (28) 99938-5959

  noticiacapixabaes@gmail.com

 

Siga-nos no Facebook!

Notícia Capixaba

 

O Portal Notícia Capixaba é campeão de acessos no segmento de portais de notícias regionais e se esforça para atender o cidadão com o que há de mais profissional em informação.

 

© 2017 Notícia Capixaba. Todos os direitos reservados.