Menu

Notícia Capixaba - Navegação

Home Cachoeiro de Itapemirim Especial

Especial


Respeito à mulher foi foco de programação em Cachoeiro

 

08.03.2019

 

 

“Nunca se esqueça, nem um segundo, que eu tenho o amor maior do mundo. Como é grande o meu amor por você”. Foi falando de amor, com a música de Roberto Carlos, que o grupo de mulheres do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do bairro Jardim Itapemirim iniciou as homenagens e a programação do Dia da Mulher, realizadas pela prefeitura de Cachoeiro, na manhã desta sexta (8), na praça Jerônimo Monteiro.

 

Ações de conscientização também marcaram as comemorações. A equipe do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher participou das atividades com a distribuição de panfletos sobre violência doméstica. “Hoje não temos muito a comemorar. Vejo como um dia de protesto e reflexão. A mulher está sendo violentada, desrespeitada cada vez mais. O que pedimos, nesse dia, é respeito. Precisamos dar as mãos e nos unir cada vez mais", comentou a presidente do conselho, Marilene Depes.

 

Procedimentos estéticos foram oferecidos gratuitamente durante evento - Foto: PMCI/Secom

Apresentações teatrais e de dança com participantes de entidades sociais da cidade animaram o público presente. As mulheres também tiveram acesso a testes de glicemia, aferição de pressão e vacinas oferecidos pela equipe da Secretaria Municipal de Saúde (Semus).

 

Outro espaço muito procurado foi o da Faculdade Multivix, parceira do evento, que realizou procedimentos gratuitos de estética e testes de glicose e colesterol. Ainda ocorreram oficinas de artesanato e uma roda de conversa sobre o tema “A Beleza de Ser Mulher”.

 

Gilmara Bernardo, 31, técnica em enfermagem, passou pela praça e fez questão de participar. Segundo ela, é preciso mais conversa sobre o assunto e menos distinções para se ter o respeito. “A mulher ainda é vista como frágil. É como se os homens só tivessem a força física para impor e manter um controle, que, por sinal, nem eles e nem ninguém possui, sobre as mulheres. Não pode haver essa distinção, tem de haver sempre um diálogo, um entendimento. Antes de falar de gênero, temos de lembrar que somos iguais, somos humanos. Parece que as pessoas se esquecem disso”, salientou.

 

A delegada titular da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) em Cachoeiro, Edilma Oliveira, também falou da representatividade da data e alertou sobre denúncias e os mecanismos de proteção existentes para o público feminino. “Vimos nesta semana vários casos de violência doméstica. É o crime mais difícil de ser combatido, pois é cometido por pessoas próximas, entes queridos. Mas a mensagem que eu deixo hoje é para que as mulheres não se calem, denunciem, não aceitem nenhum tipo de violência, procure cuidar da saúde mental, ser forte e procurar a delegacia, pois, só assim, podemos auxiliar com medidas legais e de auxílio ao problema", destacou.

 

A secretária Municipal de Desenvolvimento Social, Márcia Bezerra, também comentou sobre a importância da data e sobre os serviços oferecidos às mulheres pela prefeitura. “Estamos muito felizes por realizarmos essas atividades com nossos parceiros e demais secretarias envolvidas. Diante das notícias de violência contra as mulheres, precisamos refletir sobre as ações que são feitas e como evitar esses acontecimentos. É importante as mulheres de nossa cidade saberem sobre as políticas públicas oferecidas, por exemplo, por meio do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), para combater casos de agressões em seu dia a dia”, frisou.

 

Presente no evento, o prefeito de Cachoeiro, Victor Coelho, parabenizou as mulheres e lamentou a violência sofrida por elas. “Minha palavra hoje é reflexão. Vemos números alarmantes de agressões e os homens precisam se conscientizar e refletir sobre esses comportamentos lamentáveis. Hoje é um dia de festa, mas precisamos falar de respeito. As mulheres não podem se calar. Precisamos cuidar das mulheres”, disse.

 

Programação à noite 

 

A segunda parte da programação acontecerá a partir das 18h, com um 'aulão' de zumba, com professores da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semesp). Em seguida, às 19h15, será a III Corrida da Mulher. O percurso será de 5 km, com início e término na praça Jerônimo Monteiro.

 

As ações do Dia da Mulher são promovidas pelas secretarias municipais de Desenvolvimento Social (Semdes), de Saúde (Semus), de Esporte e Lazer (Semesp), de Segurança e Trânsito (Semset) e pelo Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (CMDM).

 

Violência doméstica: onde buscar apoio

 

Em Cachoeiro, a prefeitura oferece atendimento a mulheres vítimas de violência doméstica no Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), que fica 25 de Março, 161, Centro, próximo à Casa dos Braga, e funciona de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h. Uma equipe profissional garante atenção psicossoacial às mulheres e faz os encaminhamentos necessários junto aos órgãos integrantes da rede de proteção à mulher.  Mais informações: 3511-1616. 

 

 

 

 

 

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

 

Comentários Facebook


Agora ficou mais fácil para você leitor,
sugerir pautas e interagir com o jornal.

 

  (28) 99938-5959

  noticiacapixabaes@gmail.com

 

Siga-nos no Facebook!

Notícia Capixaba

 

O Portal Notícia Capixaba é campeão de acessos no segmento de portais de notícias regionais e se esforça para atender o cidadão com o que há de mais profissional em informação.

 

© 2017 Notícia Capixaba. Todos os direitos reservados.