Menu

Notícia Capixaba - Navegação

Home Região Serrana BR-262

BR-262


"Devemos conseguir no TCU a autorização para continuar os sete quilômetros de obras da BR-262 que foram paralisadas", diz o Ministro de Infraestrutura

 

10.06.2019

 

 

Foto: NOTICIACAPIXABA.COM e colaboração da jornalista Natália Magalhães Ferreira Bermudes

 

Por: Redação do portal Notícia Capixaba

 

Em entrevista à jornalista Natália Magalhães Ferreira Bermudes, no XI Meeting de Líderes Industriais, realizado no último sábado (08), na Pousada Pedra Azul, em Domingos Martins, na Região Serrana, o Ministro de Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, ressaltou que o Governo tem prioridade em solucionar os problemas com a logística do Espírito Santo, citando as obras paralisadas da BR-262. 

 

Como está o processo de revisão quinquenal do contrato da BR 101?

 

Ministro: A BR 101 está no processo de revisão quinquenal que a gente espera concluir o mais rápido possível e vai redefinir os parâmetros do contrato. Isso é importante para sustentabilidade financeira do contrato de concessão e vamos trabalhar para liberar o licenciamento dos eixos ao norte do estado para que a empresa possa também já trabalhar a duplicação norte, enquanto estamos fazendo a duplicação do trecho de Viana pra Guarapari. Inauguramos também esse ano o contorno de Iconha. Então, os trabalhos tão andando num ritmo adequado e a gente precisa agora liberar mais frente para que a empresa possa trabalhar dentro de um contrato que esteja com os parâmetros ajustados.

 

Já temos previsão para a liberação das obras da BR 262?

 

Ministro: Devemos conseguir no TCU a autorização para continuar os sete quilômetros de obras que foram paralisadas. Temos uma confiança muito grande que isso vai ser possível com uma nova concessão e, muito em breve, nos próximos 30 ou 40 dias devemos colocar a consulta pública da concessão da BR 381 Minas e BR 262 na praça para ouvir como a sociedade enxerga o modelo que vai ser proposto pelo Ministério da Infraestrutura para essa nova concessão.

 

Vai ser possível o Espírito Santo crescer em relação à infraestrutura?

 

Ministro: Com certeza! Estamos falando de desestatizar a Cadesa, que vai trazer uma enxurrada de investimento privado no setor portuário, vamos contribuir para o investimento da Imetame, que é de terminal privado, estamos falando em fazer ferrovia, de estender até Anchieta, de fazer a concessão das BRs 262 e 101, de fazer o contorno do Mestre Álvaro e o acesso à Catuaba, investir na BR 259. Temos a concessão do aeroporto de Vitória e vamos ter investimento nos aeroportos de Linhares e Cachoeiro. Então, não tenho dúvidas de que o Espírito Santo vai ter outra percepção no que diz respeito à logística.

 

Para o presidente da Findes, Léo de Castro, é preciso ter um senso de emergência para colocar o Brasil no trilho. “Estamos desde de 2014 andando para trás ou para o lado. Cinco anos vivendo uma crise no Brasil, estagnados. E nós, empresários, somos sobreviventes. Por isso, precisamos tirar os assuntos da pauta e fazer dar certo. E uma das agendas prioritárias da Findes é a de infraestrutura. Há uma urgência para resolver os entraves e avançarmos no desenvolvimento do Estado”.

 

Para que esse avanço aconteça, resolver antigos gargalos é fundamental. Para o atual Ministro de Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, o panorama do Espírito Santo é positivo e os entraves de infraestrutura vão ser resolvidos. “Recentemente começamos duas obras: o acesso ao Porto de Capuaba e o contorno do Mestre Álvaro. O TCU vai liberar 7km de obras da BR 262 que estavam paralisadas. E já estamos com uma previsão de tentar construir uma solução para seguir na EF 118. Nós temos uma prioridade e um compromisso com a logística do Espírito Santo”, relatou.

 

O evento foi promovido pela Federação das Indústrias do Espírito Santo, e contou ainda com a presença do secretário de Estado de Governo, Tyago Hoffmann, e do ministro da Cidadania em exercício, Lelo Coimbra.

 

 

 

 

 

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

 

Comentários Facebook


Agora ficou mais fácil para você leitor,
sugerir pautas e interagir com o jornal.

 

  (28) 99938-5959

  noticiacapixabaes@gmail.com

  noticiacapixaba@noticiacapixaba.com

  redacao@noticiacapixaba.com

 

Siga-nos no Facebook!

Notícia Capixaba

 

O Portal Notícia Capixaba é campeão de acessos no segmento de portais de notícias regionais e se esforça para atender o cidadão com o que há de mais profissional em informação.

 

© Notícia Capixaba. Todos os direitos reservados.

Produção / Cadetudo Soluções Web