terça-feira,
23 de julho de 2024

Produtores de aves de Marechal Floriano e D. Martins terão até 2016 para à regularização do abate

O Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf) e o Ministério Público (MPES) assinaram, neste mês de janeiro, Termo de Ajuste de Conduta (TAC) com aproximadamente 20 produtores de aves de Marechal Floriano e Domingos Martins. Pelo documento, os produtores terão até fevereiro de 2016 para construir um frigorífico na região visando à regularização do abate.

Segundo o médico veterinário do Idaf, Gustavo Wassita, responsável pelo Programa Estadual de Sanidade Avícola, o estabelecimento será importante para atender a demanda de produção da região.

“O objetivo é que a população capixaba tenha à sua disposição alimentos de qualidade para o consumo, por isso, estamos buscando a adesão desses produtores para que adotem os cuidados necessários nos processos de abate em estabelecimentos devidamente registrados no Serviço de Inspeção Oficial”, explica Wassita.

 

A inspeção é obrigatória para que seja possível atestar as condições higiênico-sanitárias e tecnológicas da produção de alimentos de origem animal, desde o abate até a industrialização.

Compartilhe

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *