domingo,
14 de julho de 2024

PSB terá dificuldade para acomodar aliados em D. Martins, Marechal Floriano e Vargem Alta

Notícia Capixaba.

De partido pequeno e força auxiliar nas disputas eleitorais, o PSB hoje tem um peso político complicado de acomodar, sobretudo no interior. Como o governador Renato Casagrande ampliou sua base de partidos e conta com o comando de 22 municípios no Estado, terá de se valer de muita habilidade para evitar atritos entre correligionários e aliados.

No interior a situação é mais complicada, entre elas Vargem Alta, Marechal Floriano e Domingos Martins, onde envolve as disputas proporcionais. Nem sempre prefeito e candidatos a deputado federal e estadual podem se acomodar no mesmo palanque e os atritos podem ser inevitáveis.

A disputa para uma vaga na Assembleia Legislativa tem tudo para ser acirrado, o que deve exigir jogo de cintura do Palácio Anchieta para não causar rachaduras na base, entre o ex-prefeito de Domingos Martins Wanzete Krugger (PSB) e o ex-deputado estadual Cacau Lorenzoni (PP). Um fato é certo o prefeito de Marechal Floriano, não apoiará o ex-deputado Cacau que reside no município.

Cacau lorenzoni, terá uma grande possibilidade do apoio do prefeito do município vizinho, Domingo Martins que são da mesma sigla.

Já em Vargem Alta, está consumado o prefeito João Bosco (PSB) e o vice Claudio Pazetto (PR) estão em crise devido à indicação do peemedebista Eliezer Rabello para intervir em uma negociação entre os funcionários de um hospital na cidade e a direção, comandada por Pazetto.

Caso o ex-prefeito Eliezer Rabello entrar na disputa para uma vaga a Assembleia Legislativa, não terá apoio do Pazetto, e muito menos do grupo politico da esquerda.

Luiz Carlos Ciciliotti que está na frente do PSB estadual, terá que ter um jogo de cintura para que os atritos entre os aliados no interior não expandir até a eleição deste ano.

 
 
Compartilhe

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *