segunda-feira,
24 de junho de 2024

Casamento do filho é adiado por causa da morte do acidente na BR262, em Marechal Floriano

Rael Sérgio/Gazeta.

O acidente foi no Trevo de Paraju.

O sargento Altamiro Valim estava na reserva remunerada do Corpo de Bombeiros havia mais de 10 anos. Ele já tinha trabalhado no Porto de Capuaba e também no Aeroporto de Vitória.

Acostumado a salvar vidas por conta dos anos de experiência na corporação, segundo familiares, ele estava lutando contra um câncer havia alguns anos e seguia firme no tratamento. Atualmente, estava cuidando da organização da festa de casamento do filho, marcado para o próximo dia 22. Mas a família, agora pretende mudar os planos.

“Depois de tudo o que aconteceu, vamos adiar o casamento. Sem ele, não vai ter graça”, lamentou a vendedora Rovena Borgati, 23 anos, nora do sargento.

Ela conta que Altamiro estava feliz com a organização de toda a festa, e cuidava de várias coisas pessoalmente.

“Estava firme e forte e vencendo a doença que ele tinha. Esse é um momento muito difícil para todos nós. Veio essa fatalidade e acabou com tudo. Hoje (ontem), ele conversou com a gente e deu muitos conselhos. Eu tinha ganhado um pai. Mas, infelizmente, acabei de perdê-lo”, desabafou.

A família do sargento tem um sítio na localidade de Tijuco Preto, na Região Serrana. Ele havia passado alguns dias na propriedade, cuidando da preparação e organização do casamento do filho e de outros afazeres na propriedade. Ele seguiria para Vitória ontem, mas retornaria na próxima quinta-feira ao sítio para dar continuidade aos trabalhos.

Com o impacto da batida, Altamiro morreu na hora. A mulher dele, Edna Klein ficou desacordada. O trabalho de resgate parou a rodovia. Muitos moradores ficaram assustados diante da violência do trânsito na região.

 
Compartilhe

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *