terça-feira,
20 de fevereiro de 2024

Idaf participa de ação do projeto Recanto Feliz em Domingos Martins

Notícia Capixaba.

O Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf) participou nessa quinta-feira (20) do encontro de apresentação do projeto Recanto Feliz, do Instituto Brasileiro do Mar e Desenvolvimento Social (Ibramar). A reunião foi realizada no distrito de Ponto Alto, em Domingos Martins, e contou com a presença do prefeito local, Luiz Carlos Prezoti Rocha, vereadores do município e representantes da Petrobras, patrocinadora do projeto.

Na ocasião, o técnico do Instituto, Carlos Henrique Bernardes, falou aos participantes sobre o Cadastro Ambiental Rural (CAR), exigido para todos os imóveis rurais pelo novo Código Florestal. “O CAR é um importante instrumento para mapeamento do uso de solo do município, possibilitando a implementação de ações pontuais de acordo com as características da região. Além disso, o cadastro será requisito para alguns procedimentos, como autorização para exploração florestal, licenciamento, entre outros. A partir de 2017, o acesso ao crédito rural somente será possível para aqueles que estiverem devidamente inscritos no CAR”, explica o técnico do Idaf.

Recanto Feliz

O projeto Recanto Feliz prevê a recuperação de áreas degradadas por meio de reflorestamento e conservação dos recursos naturais em Área de Preservação Permanente (APP), na microbacia Alto Paraju Oeste.

Segundo o chefe do Idaf em Domingos Martins, José Adinan Souza, o Instituto tem desenvolvido um trabalho de parceria com o Ibramar para orientação dos produtores atendidos pelo projeto com relação às adequações ambientais exigidas pela legislação. “Além do respaldo técnico, também temos feito um trabalho de educação ambiental com a realização de palestras. O Ibramar realizará um estudo para ampliar sua área de atuação e, assim, poderemos levar orientação às escolas e outras localidades da região. Nosso objetivo é manter os produtores devidamente informados sobre o que está previsto na legislação para evitarmos ao máximo a ocorrência de infrações”, diz Adinan.

Informações à Imprensa: Assessoria de Comunicação/Idaf.

Compartilhe

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *