sexta-feira,
14 de junho de 2024

Acusado de roubar residência de empresário foi preso em Vargem Alta

Rael Sérgio.

Família do empresário passou por momentos de terror nas mãos de assaltante, diz a polícia.

Família de empresário passa horas de terror nas mãos de assaltantes na localidade de Boa Esperança, zona rural de Vargem Alta, região serrana do Estado. O caso aconteceu no inicio deste mês, e segundo a polícia, o casal passou por momentos de muita tensão quando dois elementos invadiram a casa e fizeram todos reféns, sob a mira de arma de fogo e ameaça de morte, e passaram a saquear a residência.

De acordo com a polícia, a esposa do empresário está traumatizada, pois um dos bandidos a agrediu com coronhadas na cabeça. Os policias informaram que na casa do empresário foram levado dois celulares, uma TV, joias, dois mil reais e seiscentos dólares.

Após investigação feita pela Polícia Militar e Civil, os policias militares Sargento Dimas e os Cabos Armando e Francisco realizaram na tarde desta quarta feira (19) uma diligências no distrito de Jaciguá, e encontraram o suspeito, identificado como Vinicius Roberto Pereira de Souza, 26 anos, morador de Concordia, zona rural do município.

Na Delegacia de Vargem Alta, o delegado José Rafael informou que o acusado foi reconhecido pela vítima. “O acusado é considerado de alta periculosidade. Representei pela prisão temporária, e acabou de ser decretada pelo Juiz de Direito da Comarca do município”, disse Dr. José Rafael, que ficou empenhado no caso.

“Trata-se de indivíduo com várias passagens por homicídio e roubo, tendo saído da prisão em janeiro deste ano. Estamos investigando, pois o comparsa do acusado ainda está foragido”, contou o delegado que na ocasião parabenizou o trabalho realizado pelos policias militares.

O acusado foi encaminhado para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Cachoeiro, e está à disposição da justiça.

 

 

 
Compartilhe

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *