terça-feira,
23 de julho de 2024

Paulo Hartung decide concorrer ao governo do Estado

Notícia Capixaba.

Decisão foi comunicada a executiva nacional do partido. Rose de Freitas vai integrar chapa como candidata ao Senado. O presidente nacional do PMDB, senador Valdir Raupp (RO) anunciou que o partido vai lançar 21 candidatos aos governos estaduais e 26 ao Senado.

E que pelo ES vão concorrer o ex-governador Paulo Hartung, a governador, e a deputada Rose de Freitas ao Senado. Raupp disse para o jornal Agência Congresso, anunciando que teria em seguida, uma reunião com o senador Ricardo Ferraço (PMDB).

O próprio vice-presidente da República, Michel Temer, durante um jantar na casa do vice-governador de Brasília, Tadeu Filipelli, anunciou que Hartung decidiu concorrer.

Dois deputados capixabas foram ao encontro, Lelo Coimbra, presidente regional da sigla, e Rose de Freitas. Os dois confirmaram a informação. O jantar foi para fazer um balanço das possibilidades da legenda para as eleições de outubro.

O palanque de Hartung no ES deverá ficar neutro em relação à disputa presidencial. É que o PMDB apoia a reeleição da presidente Dilma, e Temer é o candidato à vice- presidente. Desta forma, Hartung terá dificuldade de apoiar o senador Aécio Neves (PSDB), seu preferido para o Palácio do Planalto.

O PSDB poderá se aliar a Hartung, junto com o DEM e PSD. Mas isso só ocorrerá se o PT permanecer com o PSB de Casagrande.Desde o mês passado que Hartung vem se reunindo com eventuais aliados. Na última segunda feira ele recebeu o deputado Camilo Cola. Na semana anterior recebeu o deputado Jorge Silva (Pros), e sexta feira passada o depuatdo César Colnago (PSDB).

Neivaldo Bragato, filiado ao DEM, seria o nome para a vice governadoria. Rita Camata (PSDB) também foi lembrada. (Com informação da Agência Congresso).

 
Compartilhe

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *