sexta-feira,
14 de junho de 2024

Empreendedora transforma pequena lan house em negócio lucrativo em Domingos Martins

Notícia Capixaba.

Com apenas 19 anos, Patrícia Angélia Uhl, de Paraju, distrito de Domingos Martins, decidiu se tornar dona do seu próprio negócio. Há três anos, ao observar que a lan house da localidade estava sendo vendida por não dar lucro, a empreendedora não pensou duas vezes e resolveu comprar o estabelecimento.Mesmo com pouco movimento, Patrícia resolveu investir no local, que já possuía cinco computadores. Ela adquiriu mais máquinas e passou a atender a população de segunda a segunda.

Logo no início a empreendedora soube que seria realizado o projeto Comércio Total, do Sebrae, em Domingos Martins e resolveu participar. Durante uma semana ela recebeu orientações sobre diversos temas voltados para a gestão do comércio e ao final, recebeu duas consultorias gratuitas.Com a ajuda do Sebrae, a empresária mudou o visual da loja, investiu em acessórios e viu seu faturamento aumentarCom a ajuda do Sebrae, a empresária mudou o visual da loja, investiu em acessórios e viu seu faturamento aumentar

“Solicitei a consultoria de gestão do visual de loja e gestão financeira. Durante a consultoria de visual foi feito um projeto para que eu pudesse modificar o estabelecimento. A partir daí adquiri passei a comercializar acessórios de informática e instalei um balcão para expor os produtos”, explicou Patrícia.

Segundo a empresária, logo após as modificações realizadas o movimento de clientes aumentou consideravelmente, assim como seu faturamento mensal.Em fevereiro deste ano Patrícia recebeu a visita do projeto Sebrae Total, que visa levar atendimento a todos os estabelecimentos localizados em regiões mais afastadas dos centros urbanos, e mais uma vez foi beneficiada com as orientações recebidas.

“Eu estava com dificuldade principalmente em fazer o controle financeiro da loja. Eu anotava tudo o que gastava, o que entrava, o que saía, mas não tinha esses dados sistematizados. Com as orientações e com a cartilha que recebi consegui melhorar mais uma vez”, garantiu.

Atualmente a Lan House funciona de segunda a sábado e o movimento é constante. Além das máquinas com acesso à internet, os clientes encontram acessórios de informática e também contam com serviços de impressão e plastificação de documentos.E a empreendedora não pretende parar por aí. Ela está oferecendo serviço de impressão de fotografias e pretende montar uma pequena gráfica na própria loja. Além disso já está em fase final a instalação de uma sala anexa onde pretende oferecer aula de informática básica.

Com tantos planos, Patrícia Angélica Uhl, pretende procurar o Sebrae para auxiliá-la no crescimento de sua empresa. “O Sebrae é um grande incentivador, que me ajudou muito no começo, continua me ajudando e vai estar comigo sempre. Quero fazer mais cursos e me tornar uma grande empresária”, garantiu.

Compartilhe

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *