sábado,
25 de maio de 2024

Seminário discute Plano Estadual de Habitação? em Marechal

Ana Paula Mill.

Uma reunião para discutir o Plano Estadual de Habitação (Pehab) – Região Sudoeste Serrana – aconteceu tarde desta segunda-feira (14), no auditório do Centro de Agronegócios, no Posto do Café, em Santa Maria, Marechal Floriano.

Fazem parte da Região Sudoeste Serrana os municípios de Marechal Floriano, Venda Nova, Domingos Martins, Conceição do Castelo, Brejetuba, Laranja da Terra e Afonso Cláudio. Representantes desses municípios participaram do encontro, das 14 horas às 18 horas.

O Pehab procura traçar um diagnóstico da situação da habitação no Estado. O plano mostra que, hoje, habitação não é somente construir casas. Esse é apenas um dos elementos. O mais importante é dar condições à população, respeitando as diferenças e particularidades de cada região e de cada município.

O Plano Estadual de Habitação é uma exigência do Governo Federal aos Estados e Municípios. O município que não aderir às exigências não terá mais acesso aos recursos federais. Por isso, o Estado contratou uma empresa consultoria para fazer esse planejamento.

O Espírito Santo foi dividido em 10 microrregiões. Foram feitos estudos buscando os aspectos econômicos, geográficos e sociais de cada município. Agora, o Pehab está em fase de conclusão. O objetivo é propor ações para diminuir o déficit habitacional.

“O plano busca quebrar o paradigma de só construir casas. Visa dar mais dignidade à população, que é água tratada, energia elétrica e rede de esgoto. Tem um envolvimento multidisciplinar. Com água e esgoto tratados diminui o número de doenças e aumenta a qualidade de vida da população, que se torna mais saudável”, ressaltou a arquiteta Mariana Thomazini, do Instituto de Desenvolvimento Urbano e Habitação do Espírito Santo (Idurb).

O prefeito Lidiney Gobbi frisou que esses encontros são muito importantes. “Os municípios precisam se planejar, cada um colocando a sua realidade, para que possam melhorar as ações que já são de extrema importância na área social.”

 

 
Compartilhe

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.
Array

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *