terça-feira,
23 de julho de 2024

Vaca de Venda Nova disputa título de maior produtora de leite do Estado

Ela produz 66 quilos de leite diariamente e vai participar do torneio leiteiro da 38ª GranExpoES, que acontece em Carapina, na Serra

Venda Nova do Imigrante tem chances de ter a vaca com maior produção de leite no Estado. Clarabela, um animal da Fazenda Pindobas, na localidade de mesmo nome, na área rural do município, produz 66 quilos de leite todos os dias. Essa quantidade representa mais que o dobro da média diária das demais vacas da fazenda. Ela vai participar do concurso de maior produtora na 38ª Exposição Estadual Agropecuária – GranExpoES, que acontece neste mês em Carapina, na Serra.

Clarabela é da raça holandesa e tem seis anos de idade. Para dar conta da produção, são realizadas três ordenhas por dia. A primeira acontece às 5h, a seguinte ao meio-dia e a última às 21h. “Ela produz muito leite, que gera bastante peso. Se não a ordenharmos com frequência, os ligamentos do úbere [como é chamada a mama das vacas] podem não resistir e até machucá-la”, explica Lecir Gomes da Silva, gerente de pecuária da fazenda.

A produção acima da média está relacionada com características genéticas. “A raça holandesa é uma das que têm maior potencial de produção leiteira. Ela se adapta melhor a climas frios, como o que temos em Venda Nova. Essa vaca vem de cruzamentos de outros animais que eram bons produtores de leite. Ela tem uma carga genética que otimiza a produção dela”, explica Pedro Carnielli, engenheiro agrônomo do Incaper.

Além da genética, cuidados ambientais ajudam nos bons resultados na hora da ordenha. Clarabela fica em um curral com outras três vacas. O local tem dois ventiladores para garantir o clima fresco de que elas gostam. Um rádio fica ligado o tempo todo para que o animal se acostume com o barulho do local de competição na Feira. “Se ela estranhar o ambiente de lá, pode não produzir tão bem quanto na fazenda”, conta Lecir. Para Clarabela se sentir em casa nos dias do torneio, o vaqueiro que vai acompanhá-la à Carapina será o mesmo que cuida do animal diariamente na fazenda.

A alimentação, sempre fresca, é composta de soja, caroço de algodão, polpa cítrica e outros ingredientes usados em pequenas quantidades para aumentar a ruminação, que ajuda na produção de leite. O composto é misturado à mão, diferentemente do trato das outras 192 vacas da fazenda, que têm alimentação servida por um trator três vezes ao dia. “Nós a trouxemos para o curral especial depois que ela se destacou das demais. Acreditamos que sua produção vai aumentar ainda mais no futuro”, conta o gerente.

No torneio da GranExpoES, Clarabela terá concorrentes de peso. Na categoria livre, em que vai competir, estão inscritas 25 vacas. Uma delas produz 70 quilos de leite diariamente e a expectativa é de que produza mais que isso nos dias de competição. Se vencer, o preço do animal pode chegar facilmente às dezenas de milhares de reais. A Fazenda Pindobas já teve uma campeã sul americana na produção leiteira. O recorde da propriedade foi um animal que produzia 78 quilos de leite por dia.

A GranexpoES vai 14 a 17 de agosto. Mais informações sobre o evento estão. Com informação Valdinei Guimarães/radiofmz.

 
Compartilhe

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *