terça-feira,
16 de abril de 2024

Motorista filma quatis atravessando Rod. ES164 em Vargem Alta

Notícia Capixaba.

O encarregado de moageira de minérios, Sérgio Manhães, 52 anos, conseguiu filmar cerca de dez quatis atravessando a Rodovia ES 164 – que liga Cachoeiro a Vargem Alta, na tarde desta última quinta-feira (07).

Segundo ele, foi por volta das 15 horas, próximo ao Mirante, quando viu três ou quatros animais atravessando a pista. “Voltei o carro, peguei o celular e consegui filmar o restante do bando”, informou.

O encarregado que reside em Cachoeiro, mas trabalha em Vargem Alta, disse que já tinha visto outras vezes, porém, mortos na pista. “Desta vez dei a maior sorte, consegui filmar todos eles vivos”, disse Sérgio Manhães.

Quati

Mamífero aparentado do guaxinim, possuindo entretanto um nariz mais comprido e um corpo mais alongado. Com patas que lembram remotamente as dos ursos, muito úteis para escaladas em árvores. É cinzento-amarelada, porém muito variável, havendo indivíduos quase pretos e outros bastante avermelhados, focinho e pés pretos, cauda com 55 centímetros, com sete a oito anéis pretos. Mede, de corpo, setenta centímetros. Vive em bandos de 4 a 20 indivíduos, é praticamente onívoro e se adapta bem ao cativeiro. São animais diurnos, mas ás vezes o macho faz atividades noturnas.

Vivem até 15 anos, e depois de adultos têm uma ninhada por ano. Vivem normalmente em grupos (fêmeas e filhotes), mas os machos depois de adultos vivem isolados, e só se juntam ao bando na época de acasalamento(fim da primavera). A gestação dura em torno de 70 dias, e nascem de 2 a 6 filhotes, geralmente em ninho feitos, aproveitando ocos de árvores, onde passam o primeiro mês de vida.

Alimentam-se de frutas, minhocas, insetos, ovos, e até legumes. Ao pilhar um pomar, alguns sobem nas árvores derrubando as frutas, enquanto o restante fica no chão saboreando o que cai, mas sempre tem algum em alerta quanto aos perigos, e se necessário emite um guincho de aviso.

 

 

Compartilhe

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.
Array

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *