quinta-feira,
18 de julho de 2024

Estudante de Marechal Floriano é selecionada para o Parlamento Jovem Brasileiro

Notícia Capixaba.

“A política precisa de jovens conscientes, pois se as mentes estiverem fechadas, o futuro do Brasil ficará comprometido”. Essas foram as palavras da aluna Ingrid Schueng, 17 anos, da Escola Estadual Emílio Oscar Hülle, em Marechal Floriano, que teve o seu projeto de lei selecionado, entre 18 ideias inscritas pelo Espírito Santo, no Parlamento Jovem Brasileiro (PJB). O programa anual da Câmara dos Deputados será realizado de 21 a 26 de setembro, em Brasília.

O projeto de Ingrid aborda a exigência do nível superior de ensino para candidatura a cargos políticos eletivos. A jovem explica os benefícios e o diferencial dessa requisição da graduação superior.

“Precisamos de políticos com visão acadêmica ampliada e que tenham domínio real sobre suas propostas de leis a serem aplicadas no Brasil. Um político bem instruído faz total diferença para a evolução do país, de maneira também a evitar a prática da corrupção, que é uma das grandes problemáticas na politica nacional”, frisou a estudante.

Ingrid revela ainda o que a motivou a elaborar o projeto de lei. “Em épocas de campanhas eleitorais vemos candidatos que se apresentam de maneira informal para nos representar politicamente, que não impõem respeito e seriedade em suas declarações”.

Para a professora Reni Klippel Machado, a participação da aluna é muito importante, pois fortalece ainda mais os conhecimentos e interesse na politica, além de estimular o protagonismo estudantil em ambiente escolar.“O protagonismo juvenil é uma forma superior de educação para a cidadania, não pelo discurso das palavras, mas pelo curso dos acontecimentos. É passar a mensagem da cidadania criando fatos, em que o jovem ocupa uma posição de centralidade”, frisou.

No PJB, alunos do ensino médio, de escolas públicas ou particulares, inscrevem projetos de leis de âmbito nacional que tramitam por comissões e depois são levados ao plenário para que sejam votados, numa simulação do trabalho dos parlamentares.A simulação da rotina dos trabalhos legislativos pretende despertar nos jovens a reflexão crítica da importância da representação política.

Em 2014, destaca-se o número de projetos voltados para a área de educação, (32 dos 78). O recorde de inscrições do programa Parlamento Jovem Brasileiro também foi superado e chegou ao número de 2.079 mil projetos.

Jovens Parlamentares

O Parlamento Jovem Brasileiro, programa realizado pela Câmara dos Deputados, é uma oportunidade para que jovens cidadãos brasileiros possam conhecer e experimentar, durante cinco dias, a jornada de trabalho dos deputados federais. O número de parlamentares jovens por Estado e pelo Distrito Federal é proporcional à bancada de cada unidade da federação na Câmara dos Deputados.

O PJB é realizado anualmente e tem por objetivo possibilitar aos alunos de escolas públicas e particulares a vivência do processo democrático, mediante participação em uma jornada parlamentar em Brasília, em que os estudantes tomam posse e atuam como ‘Deputados Jovens’.

A primeira edição do programa aconteceu em 2004. De lá para cá, houve a participação de 690 jovens parlamentares estudantes do ensino médio. Desde 2011, assim como os estudantes do terceiro ano, os do segundo ano também podem participar, além dos alunos que cursam o ensino técnico integrado ao ensino médio.

 

 
Compartilhe

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *