terça-feira,
20 de fevereiro de 2024

Posto de recebimento de embalagens vazias de defensivos agrícolas de Venda Nova é ampliado

Unidade passará a ter capacidade anual para receber 50 toneladas do material.

Numa parceria entre a prefeitura municipal de Venda Nova do Imigrante, Assoagres, Inpev e as Revendas Agrícolas está em fase final no município a construção de uma nova estrutura de recebimentos de embalagens de defensivos agrícolas, a qual passará ter capacidade anual para receber 50 toneladas de material. A inauguração esta programada para o dia 26 de setembro as 9 horas.

Esta obra permitirá o atendimento de agricultores de toda a região centro serrana do Estado, principalmente dos municípios de Afonso Cláudio, Alfredo Chaves, Brejetuba, Castelo, Domingos Martins, Marechal Floriano e Vargem Alta. O posto é gerenciado pela Associação de Revendedores de Insumos Agropecuários do Espírito Santo (Assoagres).

Todo o material recebido no local será encaminhado para a central de recebimento de Linhares, e posteriormente segue para a destinação final, reciclagem ou incineração, por meio do inpEV – instituto que representa a indústria fabricante de agrotóxicos para a destinação das embalagens vazias.

Segundo o coordenador regional de operações do instituto na região, Jair Furlan Jr, a ampliação do posto demonstra que o Sistema Campo Limpo (logística reversa de embalagens vazias de defensivos agrícolas), vem acompanhando o crescimento e desenvolvimento do agronegócio. Ele ainda reforça que os agricultores têm papel fundamental no cumprimento de suas responsabilidades.

Entre janeiro e agosto de 2014 o sistema Campo Limpo encaminhou para o destino ambientalmente correto 250 toneladas de embalagens vazias de defensivos agrícolas do Espírito Santo. O número alcançado representa um crescimento de 42% em relação a 2013. O estudo realizado pelo instituto aponta que, de janeiro a agosto, foram retiradas do meio ambiente mais de 31 mil toneladas do material em todo o país.Para o secretario municipal de Agricultura de Venda Nova, Sávio Fileti, ter uma estrutura dessa no município é dar a oportunidade para toda a população, principalmente os produtores rurais, de colaborarem com o meio ambiente e. consequentemente. construir um mundo melhor para as futuras gerações.

 
Compartilhe

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *