segunda-feira,
17 de junho de 2024

Marechal: “Punição Solidária” para jogadores de Futsal durante o Campeonato

O atleta que levar cartão amarelo ou vermelho deve doar litros de leite para o CRAS

Cada cartão amarelo (advertência) que for aplicado aos jogadores de futebol de salão, será convertido em um litro de leite, que será doado para o CRAS, durante o Campeonato Municipal de Futebol de Salão de Marechal Floriano. Já os atletas que forem punidos com o cartão vermelho (expulsão) terão que arcar com três litros de leite.

As doações são feitas ao Centro de Referência e Assistência Social (CRAS), que distribui o produto da “punição solidária” aos moradores carentes da sede e interior. O programa se inclui no regulamento da competição promovida pelo Departamento de Esportes, ligado à Secretaria Municipal de Educação de Marechal Floriano.

Até a décima rodada da competição, as doações chegaram a 66 litros de leite, que foram encaminhados, na sexta-feira (12), ao CRAS. Os atletas punidos devem entregar o produto antecedendo à rodada que o seu clube atuará.

Segundo Carlos Abreu, da coordenação do Campeonato de Futebol de Salão de Marechal Floriano, a doação do leite é uma forma encontrada para punir os jogadores faltosos e, ao mesmo tempo, ajudar famílias carentes do município.

Abreu informa ainda que a competição prossegue na quinta (18) com três jogos: Victor Hugo enfrentará o Inforgames, o Manos B jogará contra o Demolidores e o Manos A pegará o time Mercenários. A próxima rodada será somente na segunda-feira (22).

PMMF.

 
Compartilhe

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *