sábado,
22 de junho de 2024

Candidatura do ex-prefeito Elieser Rabello de Vargem Alta está liberada pelo TRE

Portal Notícia Capixaba.

O Tribunal Regional Eleitoral do Espirito Santo (TRE-ES) liberou no inicio do mês passado à candidatura do ex-prefeito de Vargem Alta Elieser Rabello (PMDB) para a disputa de uma das 30 vagas na Assembleia Legislativa. O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) encerrou a fase de julgamento dos candidatos das eleições deste ano. Foram mais de 700 candidaturas analisadas desde o mês passado.

Ele havia sido impugnado pelo Ministério Público Federal com base na lei da Ficha Limpa. A alegação da procuradoria eleitoral para barrá-lo era de que o ex-prefeito teve em uma ação de improbidade administrativa por irregularidade na publicidade em atos oficiais do município, ocorrida no ano de 2010.

O Jornal A Tribuna desta sexta feira (26), divulgou dezesseis candidatos na corda bamba com processos no TSE, menos do ex-prefeito de Vargem Alta, que está completamente liberado. De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), esses dezesseis políticos que disputam vagas na Assembleia ou na Câmara Federal correm risco de cassação, caso sejam eleitos no dia 5 do próximo mês.

Mesmo o candidato sendo liberado “Apto”, segundo sua assessoria de campanha, Rabello está cansado das perseguições e acusações mentirosas que vem sofrendo em sua campanha eleitoral, através de informativo anônimo e sem fontes, dizendo que ele não está autorizado pelo TRE-ES a concorrer uma vaga no legislativo.

Os assessores do candidato informaram ainda que essas cartilhas estão sendo espalhada em todas as localidades da cidade. “Queremos informar aos moradores de Vargem Alta, que esse ato “nefasto” é para confundir os eleitores sobre sua candidatura”, informaram os assessores do candidato.

“Nós lamentamos que essa prática ainda venha sendo usada em nossa cidade. Apesar destas mentiras que estão circulando, estamos confiante e animados na campanha do Elieser”, disseram.

 

 
Compartilhe

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *