quarta-feira,
21 de fevereiro de 2024

Câmeras de Segurança não sai do papel em Marechal Floriano

Portal Notícia Capixaba.

O projeto de videomonitoramento, que previa a instalação de 20 câmeras de segurança nas principais ruas e avenidas de Marechal Floriano, segue parado. Segundo o assessor de informática da Prefeitura do município, Robson Lutzke, o Coordenador da Secretaria do Estado de Segurança Pública (Sesp), o tenente-coronel Sérgio Pereira Ferreira, enviou uma nota dizendo que está aguardando liberação orçamentária para emissão de Ordem de Serviço, e não tem previsão para início das instalações.

No início do mês de setembro, o Coordenador informou que a ordem de serviço para a implantação do sistema é de Videomonitoramento, não foi realizado, devido ao período eleitoral ter iniciado até o final do levantamento. Segundo ele, a ordem de serviço iria ser realizada depois das eleições eleitoral. Porém, até o momento o projeto só ficou mesmo no papel.

O Assessor de informática, Robson Lutzke, explicou que a prefeitura fez sua parte, depois de uma reunião ocorrida no mês de julho, onde ficaram confirmado os locais que seriam instaladas as vinte câmeras.

Ele disse ainda que os pontos das câmeras e a localidade do espaço físico para implantação ou ampliação da Central Integrada de Monitoramento (CIM), ficaram prontos em 30 dias conforme a Ata da última reunião.

A indicação pela instalação das câmeras de segurança foi conseguida pelo Presidente da Frente Parlamentar de Segurança Pública do município, o vereador Juarez Xavier. Ele já vinha alertando há meses sobre o andamento da ordem de serviço. Xavier lamentar o fato, e completou dizendo que vai marcar uma reunião com o deputado Marcelo Santos, para que juntos com a nova administração estadual consiga um posicionamento do sobre o início da instalação.

O investimento da implantação do sistema estava orçado em R$ 818.995,00, e com um prazo de 120 dias (de julho- previsto para concluir em outubro). O sistema é apontado como grande aliado no combate à criminalidade. Em cidades que contam com monitoramento eletrônico, os índices de violência reduziram drasticamente, pois as câmeras, além de inibir a ação dos bandidos, auxiliam também na identificação dos autores dos delitos.

 

 
Compartilhe

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *