sábado,
22 de junho de 2024

Menina de sete anos é estuprada por ex-marido da avó em Afonso Cláudio

O suspeito morou 16 anos com a avó da vítima, mas eles estão separados há dois meses

Uma menina de sete anos foi estuprada pelo ex-marido da avó nesta semana, em Afonso Cláudio, na região Sul Serrana. O crime só foi descoberto na noite deste sábado (10), quando a menina foi levada ao hospital. Ela confirmou a história para a mãe após ser ser examinada por um médico.

De acordo com a Polícia Civil, a mãe da vítima a levou no hospital após perceber que ela estava com feridas no órgão genital. No hospital, a médica constatou que a criança estava com uma doença sexualmente transmissível. O suspeito, um comerciante de 45 anos, ficou casado por 16 anos com a avó materna da menina e há dois meses estavam separados.

“A médica desconfiou e após fazer o exame contatou a DST, confeccionou o laudo e encaminhou a menina para a delegacia. Durante o depoimento, estávamos acompanhados do Conselho Tutelar, a menina estava muito abalada, chorando muito, foi difícil colher depoimento dela, mas ela afirmou que há dias ele tirou a roupa dela e manteve relações sexuais”, revelou o delegado Dedier de Carvalho Alves.

Ainda de acordo com o delegado, a mãe não sabia do estupro e nem desconfiava do ex-padrasto. Outra menina de cinco anos, irmã da vítima, também foi ouvida e analisada pelo médica que não constatou violência sexual. “Mesmo assim tanto essa menina quanto a que foi estuprada foram encaminhadas a fazer o exame de conjunção carnal e de coito anal no Serviço Médico Legal de Vitória nesta segunda- feira (12)”, disse.

Como não houve flagrante, Dedier representou junto à justiça o pedido de prisão do suspeito.

 
Compartilhe

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *