segunda-feira,
24 de junho de 2024

Operadora de telefonia Vivo responderá por má prestação de serviços

“Ação do Ministério Público foi ajuizada diante da negativa da operadora em buscar soluções que pudessem minimizar os danos causados à sociedade”.

O Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES), por meio da 35ª Promotoria de Justiça Cível de Vitória, propôs uma Ação Civil Pública, com pedido de liminar, em face da operadora de telefonia “VIVO S.A”.

A ação foi ajuizada em razão da má prestação dos serviços de telefonia móvel ofertados aos consumidores capixabas e diante da negativa da operadora em buscar soluções que pudessem minimizar os danos causados à sociedade.

Veja a Ação

Compartilhe

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *