sábado,
25 de maio de 2024

Atividades de extensão rural impulsionam agricultura familiar em Venda Nova

O ano de 2015 começou com diversas atividades na área de assistência técnica e extensão rural no município de Venda Nova do Imigrante, como dias de campo e excursões técnicas. As ações fazem parte do Projeto Ater Sustentabilidade, executado pelo Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) em conjunto com o Ministério de Desenvolvimento Agrário (MDA). Ao todo, 200 Unidades de Produção Familiar localizadas em diversas comunidades estão sendo beneficiadas pelo projeto.

Nos primeiros meses do ano, foi realizado um dia de campo sobre Controle Alternativo de Pragas, no qual os agricultores tiveram a oportunidade de conhecer métodos de boas práticas agrícolas em árvores frutíferas, como lichia e morango, e em olerícolas de modo geral.

A fruticultura de clima temperado com culturas como a framboesa, pêssego e amora foram apresentadas aos agricultores como forma de diversificação à do café arábica, considerado um dos principais produtos agrícolas da região ao lado da tangerina e das agroindústrias. E o café também foi alvo de orientações técnicas sobre poda, práticas de pós-colheita e reaproveitamento das águas residuárias, provenientes do beneficiamento.
Piscicultura

Com o objetivo de conhecer mais sobre a criação de peixes, os agricultores de Venda Nova do Imigrante visitaram a unidade de beneficiamento de tilápia da Associação de Aquicultores e Agricultores Capixabas (ACA), localizada no município de Muniz Freire. Na ocasião, foram feitas algumas explanações sobre a unidade e os canais de comercialização.

Segundo a diretora presidente da ACA, Andréia Vivácqua, o grupo de agricultores visitantes mostrou-se bem interessado pelo assunto. “Venda Nova do Imigrante tem um grande potencial para a agricultura familiar, possui boas propriedades e a atividade da piscicultura pode agregar ainda mais o potencial do município”, falou Andréia.

Os produtores rurais também participaram de uma visita técnica à propriedade de Andréia Vivácqua, localizada no município de Brejetuba, para conhecer as instalações da criação de tilápia. No local, os agricultores tomaram conhecimento a respeito da implantação de tanques para criação de peixes, qualidade genética de alevinos e manejo da criação, por meio de orientações apresentadas pela coordenadora de Aquicultura e Pesca do Incaper, Juliana de Barros Vale, com a colaboração da zootecnista Lucimary Soromenho Ferri.

As atividades de piscicultura contaram com o apoio da ACA, Prefeitura Municipal de Venda Nova do Imigrante e equipe local do Incaper em Brejetuba.

De acordo com os técnicos do Incaper, Evaldo de Paula e Vanêssa Bicalho Corrêa, organizadores do Dia de Campo sobre Piscicultura, deve haver continuidade das ações nessa área. “A piscicultura é uma atividade que pode se desenvolver no município, já que é uma reivindicação apresentada nos diagnósticos realizados com os beneficiários do Projeto Ater Sustentabilidade”, afirmaram.

A chefe do escritório do Incaper de Venda Nova do Imigrante, Rita de Cássia Zanúncio Araujo, afirmou que novas atividades estão previstas para serem realizadas no município. “Mais dois dias de campo sobre café arábica e agroindústria, que são atividades de grande importância para a região, devem ser feitos ainda em fevereiro”, afirmou Rita.

Compartilhe

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.
Array

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *