sábado,
25 de maio de 2024

Romeiros de Alfredo Chaves realizarão caminhada de fé ao Convento da Penha nesta sexta (27)

Cerca de 100 romeiros de Alfredo Chaves irão participar da 15ª Romaria de São José do Quarto Território rumo ao Convento da Penha, em Vila Velha, que acontece entre os dias 27 e 28 de fevereiro e 1º de março. A saída a pé acontece na tarde da sexta-feira, (27), com previsão de chegada ao Convento, às 9 horas do domingo (1º).

A Romaria, que percorre cerca de 100 km, conforme relatos de católicos locais, teve origem a partir da promessa de um morador da comunidade de Quarto Território e foi aderida por algumas pessoas da comunidade e transformada, hoje, em um evento religioso de grande importância no município e região.

Em seu primeiro ano a romaria abrangia um pouco mais de 30 pessoas, que sem estrutura, andavam a pé até chegar ao Convento da Penha, em Vila Velha, pernoitando em calçadas das cidades de Guarapari e Vila Velha.

Hoje, a peregrinação conta com muitos romeiros e tem apoio da Polícia Rodoviária Federal, da Polícia Urbana de Vitória, da Polícia Militar, da Rodosol e de moradores das cidades por onde passam.

A saída acontece na sexta-feira, após a “missa de envio”, realizada na igreja de Quarto Território, às 12h, de onde seguem para a igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição, na sede de Alfredo Chaves. Na matriz, os fies peregrinos irão receber uma benção às 15h30min, pelo pároco Diego Carvalho.

A partida em direção a BR 101 será às 16h com chegada em Guarapari por volta das 23 horas do mesmo dia. Já á chegada ao santuário está prevista para a manhã do domingo, onde será celebrada uma missa às 9h.

O participante da caminhada religiosa tem direito a água, frutas, camisa, boné, refeições (almoço e café da manhã) e carros de apoio.

Compartilhe

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.
Array

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *