segunda-feira,
17 de junho de 2024

Deputados federais do ES voltam a ministro para cobrar o atraso na duplicação da BR-262

“Atraso na votação do Orçamento da União de 2014 compromete cronograma de duplicação da BR 262 e privatização da BR 101. Orçamento será votado está semana”.

O programa de ajuste do governo federal e o atraso na votação do orçamento da União de 2014 pelo Congresso Nacional – cuja votação está prevista para a semana que vem – vão comprometer o cronograma de obras das BRs capixabas, como a duplicação da BR 262 e a privatização da BR 101.

A coordenadora da bancada capixaba, senadora Rose de Freitas (PMDB), admitiu ontem que as abras devem atrasar. Ela se reuniu com o ministro dos Transportes, Antonio Carlos Rodrigues. “A 262 era para iniciar em março, mas devido ao atraso na aprovação do Orçamento da União, deve sofrer atraso. Semana que vem faremos nova reunião com o ministro”, disse.

O ministro dos Transportes também anunciou ontem que vai efetivar na direção do Dnit no ES, o engenheiro Mário Guanabarino. E marcou para está próxima quarta-feira (11), novo encontro com a bancada capixaba, com a participação da direção da ANTT e da EcoRodovia: “Vamos detalhar as obras o ver o que pode ser feito para evitar atrasos”, disse Rose.

Já o deputado Carlos Manato (SD), que também participou da audiência, não deixou o encontro otimista.

Para ele, o governo só tem verba para manutenção das rodovias já existentes: “verba para obras novas só ano que vem”, disse. Manato ainda reclamou que o ministro demonstrou pouco conhecimento sobre as demandas do ES. “Toda vez que muda o ministro a bancada tem que explicar as pendência do ES e cobrar a mesma coisa”, disse.

A duplicação da BR- 262, está prevista para ser iniciada a obra em junho deste ano.

Compartilhe

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *