sexta-feira,
14 de junho de 2024

‘Conventinho da Penha’, de Carolina, Alfredo Chaves, atraiu fiéis para missa da padroeira do Estado

Na próxima segunda-feira (13) será celebrada a missa anual em homenagem a Nossa Senhora da Penha, no ‘Conventinho da Penha’, em Carolina, interior do município de Alfredo Chaves. A tradição é repetida há décadas todos os anos por centenas de fiéis da região, que não medem esforços para chegar à capelinha erguida há 100 anos no alto de uma montanha que fica a cerca de 850 metros de altitude.

A igrejinha recebeu o apelido carinhoso dos fiéis de ‘Conventinho da Penha’, pois foi construída em homenagem à padroeira do Estado. O local também virou ponto turístico, apesar de só realizar uma celebração por ano, a capela é aberta diariamente para visitações.

A celebração será presidida pelo padre Josemar Stein, às 10h. A peregrinação religiosa recebe mais de 400 devotos.

De acordo com o proprietário de pousada, Cinésio Pin, 49 anos, a igrejinha foi edificada no começo do século passado por seu bisavô, Egistro Pinon, que veio da Itália e se hospedou na região com ajuda de moradores locais. “A primeira igrejinha era de pau-a-pique e depois de quarenta anos foi derrubada e construída outra de alvenaria que está erguida até hoje. O local começou ser bastante frequentado por moradores e turistas da região e ganhou o apelido de Conventinho da Penha”, conta.

Segundo Pin, o motivo exato da construção são se sabe, mas a família acredita que foi para professar a fé do patriarca da família e abençoar a região. No dia da festa, após a missa, acontece comercialização de pratos típicos e leilões. “É uma dia de festa, que as comunidades da região param para respeitar a santa e se confraternizarem”, disse.

No alto do morro, o popular Conventinho da Penha fica aberto diariamente para visitações. Há dois caminhos para chegar ao local, por Carolina, entre as pousadas Vale das Cachoeiras e Águas de Pinon e pela comunidade de São Roque de Maravilha.

No espaço próximo a capela foram construídos banheiros para dar mais estruturas aos romeiros e visitantes.

Compartilhe

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *