segunda-feira,
17 de junho de 2024

Cinco são presos por roubo em Soturno, Castelo e Vargem Alta

Alissandra Mendes

A Polícia Militar desarticulou uma quadrilha, composta por dois adolescentes, uma mulher e outros dois homens, suspeita de praticar roubos em Castelo, no interior de Vargem Alta e em Cachoeiro de Itapemirim. Após um roubo no distrito de Soturno, os policiais realizaram um cerco, que resultou na prisão nos envolvidos, na altura do bairro Village da Luz, em Cachoeiro de Itapemirim.

De acordo com informações da PM, o primeiro roubo foi registrado em Castelo. Eles invadiram a residência de um policial militar e renderam sua mãe. “Eu estava arrumando casa, quando eles chegaram. Me amarraram e cobriram minha cabeça e depois fugiram levando meu carro”, comentou a vítima de 51 anos.

Com o veículo da vítima, os criminosos realizaram roubos em Boa Esperança e Jaciguá, zona rural de Vargem Alta. Somente em uma loja, o prejuízo foi de mais de R$ 10 mil. “Minha funcionária estava na loja, quando o adolescente entrou sozinho no local pedindo uma camisa. Instantes depois ele mostrou a arma e anunciou o assalto. Ele foi levada para o local, onde funciona fica nosso depósito, e ele fugiu levando mais de 100 camisas, dinheiro e o aparelho celular dela. Tudo foi registrado pelas câmeras de segurança”, disse a proprietária de uma loja roubada em Jaciguá.

Com eles os policiais encontraram, além do veículo roubado, um relógio de ouro, um aparelho celular, uma TV de 32’, 17 camisas e blusas, um revólver calibre 44, 10 munições de calibre 44 e um simulacro. Os detidos foram reconhecidos pelas vítimas e encaminhados para a Delegacia Regional de Cachoeiro de Itapemirim para providências.

Compartilhe

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *