segunda-feira,
17 de junho de 2024

Emescam é a universidade escolhida para curso de medicina em Cachoeiro, e Colégio Salesiano poderá virar Polo

Rael Sérgio.

A faculdade Emescam foi selecionada pelo Ministério da Educação para abrir curso de Medicina e oferecer 100 vagas, até 2016, no Sul do Estado. A divulgação do resultado do edital que selecionou instituições em vários Estados foi feita nesta sexta-feira (10) pelos ministros da Educação, Roberto Janine Ribeiro, e da Saúde, Arthur Chioro.

A faculdade foi escolhida em seleção nacional entre as instituições que apresentaram propostas ao ministério. O curso de Cachoeiro será o primeiro da região Sul do Espírito Santo. Com isso, a Emescam poderá abrigar uma extenção do curso de medicina no prédio do Colégio Salesiano, antigo colégio de padres, em Jaciguá, Vargem Alta.

No início do mês de maio, a diretoria e professores da Emescam, tradicional faculdade de medicina capixaba, visitou as instalações, acompanhada de lideranças, como o prefeito João Bosco Dias, o Bosquinho, os vereadores, Luciano Quintino, Almezindo Demartini, Ismael, Edinho, Marcelo e Anna Gaburro e o presidente da Assembleia Legislativa, Theodorico Ferraço. No local também contou com a presença do representante do Hospital Sírio Libanês, Dr. Sérgio Zanetta.

O diretor da Emescam, Flávio Takemi Kataoka, gostou das instalações. “É uma estrutura bonita, que observa a situação de imersão de conhecimento e dispõe de um espírito acadêmico”, afirmou Kataoka, dizendo ainda que é interesse da instituição implantar o curso de medicina na Região Sul.

O deputado Theodorico Ferraço, na oportunidade apresentou proposta, e encaminhou ao governador Paulo Hartung de parceria com a Santa Casa de Misericórdia de Vitória, mantenedora da Emescam, para implantar o curso na região.

No mesmo documento, Ferraço também pede ao governador que garanta à comunidade religiosa o direito de utilizar a igreja anexa ao prédio e inclua o Hospital Padre Olívio, que poderá ser beneficiada como hospital escola.

“A instalação de uma faculdade de medicina é a realização de um sonho. Será excelente para Vargem Alta e para o Sul do Estado. Como prefeito, estou feliz em poder vivenciar esse momento”, disse o prefeito Bosquinho.

A abertura dos cursos tem interface com o programa Mais Médicos e o objetivo de ampliar o atendimento do SUS e interiorizar as vagas em medicina em todo o país.

Compartilhe

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *