quarta-feira,
29 de maio de 2024

Produtor de Araguaia, Marechal recebe feijão Serrano 404 da Secretaria de Estado da Agricultura

Cerca de 100 produtores da região de Marechal Floriano receberam da Secretaria de Estado da Agricultura 150 sacos de feijão Serrano 404, e foram divididos 3 Kg para cada um dos produtores.

Os agricultores agradeceram o incentivo, entre eles, o produtor de feijão da região de Araguaia, Aloísio José Lube, conhecido como “Gato”, na região. Ele contou que os 3 kg de feijão irão lhe render por volta de três sacas de aproximadamente 60 Kg cada uma.

“É mais uma iniciativa que nos incentiva a continuar produzindo, especialmente por ser um feijão com uma nova genética”, comemorou.

O pesquisador do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência e Extensão (Incaper), Márcio Adônis Miranda Rocha, compartilhou informações relacionadas ao trabalho que o instituto realiza em todo o Estado. “Este material que os agricultores familiares receberão hoje é fruto de um trabalho de 1988, onde começamos e recebemos 23 Kg de uma semente genética e, em um ano e meio, fizemos 80 toneladas desta”, contou.

Adônis ainda falou que em 1990 o Incaper lançou o Emcapa 404 serrano; material este que foi contemplado com este nome por atender a região serrana. “Já são 25 anos de um feijão altamente qualificado e adaptado à situação da região serrana por ser resistente à principal doença do feijão e, por isso, consegue chegar ao final do ciclo produzindo”.

O Chefe do escritório local do Incaper de Marechal Floriano, César Krohling, relembrou que atualmente são 26 milhões de hectares de feijão plantados no mundo, mas, ao mesmo tempo, existem mais de 20 milhões de pessoas com carência de ferro e sérios problemas de saúde. “Por isso, vamos fazer o bom uso deste material peculiar e com as características voltadas para a região das montanhas”.

Compartilhe

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.
Array

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *