quinta-feira,
30 de maio de 2024

Oficina mecânica em Castelo tem as atividades paralisadas em razão de crime ambiental

Neste fim de semana, a Polícia Militar Ambiental paralisou as atividades de uma oficina mecânica que foi construída as margens do Rio Caxixe, zona rural de Castelo. O dono do empreendimento foi detido por construir em área de preservação permanente e por descarte irregular dos resíduos oleosos.

Segundo informação da PMA, após denúncias, uma guarnição prosseguiu até o estabelecimento, localizado na rodovia que liga Castelo a Venda Nova do Imigrante. Segundo eles, durante a vistoria foi constatado que o mecânico, de 39 anos, descartava os resíduos gerados no trabalho diretamente no solo.

“Além disso, a oficina foi construída em uma área de preservação permanente, a seis metros do Rio Caxixe, e não possuía autorização do órgão ambiental para funcionar, informaram os policiais.

O homem foi conduzido à delegacia por construir em área de preservação permanente sem autorização de órgão ambiental, e pelo despejo dos detrito de forma inadequada.

Compartilhe

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.
Array

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *