quinta-feira,
30 de maio de 2024

Serrador morre após queda de chapas de granito no distrito de Gironda

O serrador de rochas ornamentais Luiz Carlos de Azevedo, de 45 anos, morreu após a queda de chapas de granito na madrugada deste sábado (01), em uma empresa de beneficiamento de rochas no distrito de Gironda. Ele foi imprensado por chapas de granito, enquanto trabalhava. Ele morreu no local.

Segundo informação da polícia, colegas de trabalho da vítima contaram que o serrador terminava de serrar um bloco de pedra e estava entre as chapas de rocha e o tear quando o casqueiro (parte irregular da rocha) deslizou e o imprensou contra a máquina.

O corpo do serrador foi encaminhado para o Serviço Médico Legal (SML) de Cachoeiro, e em seguida liberado para o sepultamento. Luiz Carlos morava no distrito de Soturno e trabalhava há 05 anos na empresa.

Compartilhe

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.
Array

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *