quinta-feira,
18 de julho de 2024

Estradas rurais de Alfredo Chaves recebem melhorias com nova forma de trabalho

A Secretaria Municipal de Obras (Semo) de Alfredo Chaves está realizando diversas frentes de trabalho no interior com um novo planejamento de trabalho. A finalidade é deixar as estradas em boas condições de tráfego e atender demandas dos produtores rurais. Com essa nova forma de trabalho diversas melhorias foram desenvolvidas nas estradas dos distritos de São Bento de Urânia, Ibitirui, Matilde e nas comunidades rurais da sede.

De acordo com a Semo, o município conta com duas equipes e cada uma delas é composta por carregadeira, patrol, retroescavadeira e basculante. Além das equipes, a secretaria possui outra frente de trabalho para realizar serviços pontuais e emergenciais, com carregadeiras e patrol e uma equipe de roçada.

Ultimamente foram realizadas limpeza e reabertura de estradas, construção de bueiros e outras intervenções em Vila Nova de Ribeirão, Santo Antônio do Ribeirão, Cachoeira Alta, Bom Destino, São Bento de Urânia e região, São Pedro de Matilde, Carolina e Rio Novo de Matilde. De acordo com a Semo, as próximas comunidades que serão atendidas serão Recreio, Assunta e Aparecida.

Conforme o titular da pasta, Orlando Pessali, as equipes atuam simultaneamente em regiões diferentes. “Cada equipe vai para uma região, e nesse local são realizadas todas as demandas, que inclui melhoria de estradas vicinais, estradas utilizadas nas propriedades rurais e outros serviços para atender os agricultores e moradores da região”, explica.

O município possui mais de dois mil km de estradas de chão, de acordo com dados da Secretaria Municipal de Agricultura. Devido a isso, o secretário conta que é necessário um amplo trabalho de planejamento. “São muitas solicitações e trabalhos que devem ser constantemente planejados e vistoriados”, conta, lembrando ainda que o município possui regiões com alta declividade, por ser uma região montanhosa e que chove constantemente. “No verão há ocorrência de muita chuva e a nossa região e montanhosa, esses são os principais implicadores, por isso, às vezes, os trabalhos precisam ser refeitos”, disse.

Compartilhe

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *