quinta-feira,
18 de julho de 2024

Vereadores propõem corte de R$ 2,4 mil nos próprios salários em Alfredo Chaves

Três vereadores da Câmara de Alfredo Chaves protocolaram na última quinta-feira (17) um projeto para reduzir os próprios salários de R$ 3,2 mil para R$ 1 mil. A medida, caso passe pelo crivo do plenário, vale a partir da próxima legislatura.

Como adiantou a coluna Praça Oito, publicada nesta sexta-feira (18), a proposta é de autoria de Narcizo Grassi (PMDB), André Sartori (PPS) e Paulo Munaldi (PPS).

Grassi defende que o subsídio de R$ 1 mil é mais justo, visto que todos os vereadores possuem outras fontes de remuneração. “Só participamos de duas sessões por mês. A última, inclusive, durou 25 minutos. Enquanto isso, os professores do município não recebem nem o piso da categoria. Não é justo”, frisou.

Caso seja aprovada, a medida irá gerar uma economia anual de R$ 237,6 mil aos cofres municipais. A Câmara de Alfredo Chaves tem nove vereadores.

“Estamos buscando o apoio dos demais colegas da Casa. O momento é de rever despesas”, defende Sartori.

Compartilhe

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *