sexta-feira,
19 de julho de 2024

Prefeito de Vargem Alta emite nota de esclarecimento sobre operação “Canudal” do MPES

O Ministério Público do Estado do Espírito Santo, por meio da Procuradoria de Justiça Especial e do Grupo Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), informa que deflagrou nesta manhã de quarta-feira (30) a Operação “CANUDAL” no município de Vargem Alta, onde estão sendo cumpridos 28 mandados de buscas e apreensões deferidos pela 2ª Câmara Criminal do Egrégio Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJES), com objetivo de apreender documentos, computadores, mídias e outros equipamentos/materiais, para apurar a prática, em tese, de crimes de corrupção ativa e passiva, peculato, formação de quadrilha, fraude à licitação, tráfico de influência, entre outros.

O nome da Operação é uma referência ao ponto mais alto do município de Vargem Alta, a Pedra do Canudal, com altitude de 870 metros.

As investigações são conduzidas por um procurador de Justiça e seis promotores de Justiça.
Atuam na operação 75 Policiais Militares e 04 servidores da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz). As diligências ocorrem de forma tranquila e sem incidentes.

Nota de esclarecimento do Prefeito de Vargem Alta João Bosco Dias.

Recebi, nesta tarde a intimação de afastamento, pela justiça, do cargo de prefeito municipal de Vargem Alta.
Com toda humildade, serenidade e consciência tranquila, lembro que estou completando praticamente 20 anos de vida pública: três mandatos como vereador, um como vice-prefeito e hoje prefeito. Todos aqueles que me conhecem de verdade, sabem que eu não enriqueci na política.

Respeito à decisão proferida pelo desembargador relator do procedimento. Isto é legítimo e faz parte do estado democrático de direito. A fiscalização da administração Pública é um dever das autoridades e um direito do povo.

Visto que sempre trabalhei dentro da ética e probidade administrativa, com respeito as normas legais no trato da entidade pública, exercerei, na plenitude o meu direito de defesa.

Por isso estou providenciando minha defesa para suspender essa decisão liminar. Com a mesma tranquilidade e serenidade, aguardarei a decisão da superior instância, por que tenho a consciência tranquila, que busquei sempre fazer o melhor para o nosso Município.

Compartilhe

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *