sexta-feira,
12 de julho de 2024

Em crise financeira, prefeitos, entre eles, da Região Serrana se reúnem com governador nesta sexta (23) para cobrar ajuda

Para não fechar o ano no vermelho e cumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), ao menos 18 cidades, entre elas, da Região Serrana, adotaram medidas como como redução de expediente e corte de pessoal.

Os municípios vão cobrar uma resposta do governo do Estado quanto ao pedido de ajuda para atravessarem a crise financeira. Na sexta-feira (23), os prefeitos almoçam com o governador Paulo Hartung (PMDB), no Palácio Anchieta.

A solicitação foi feita há 13 dias, quando um ato contra a crise foi realizado pela Associação dos Municípios do Espírito Santo (Amunes), em Vitória.

Na ocasião, o governador recebeu um documento com pedido de verba para o cofinanciamento da atenção primária à saúde e do ensino fundamental, além da prorrogação, até 2016, da lei que permite a utilização da metade do repasse do Fundo para Redução das Desigualdades Regionais com custeio das prefeituras.

Compartilhe

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *