sexta-feira,
12 de julho de 2024

Alunos participam da construção de pomar em Alfredo Chaves

Cerca de 50 alunos, do 6º e 7º ano do ensino fundamental da escola municipal Ana Araújo, na sede de Alfredo Chaves, irão participar do processo de plantio de mudas de árvores frutíferas na tarde desta sexta-feira (06). A iniciativa será realizada a partir das 14h, na Fazenda Municipal, próximo ao parque de exposições.

Uma área de 500 m2 será transformada em um pomar, onde serão plantadas e cultivadas mudas de acerola, araçá e graviola. De acordo com a secretária de Educação, Rogéria Lúcia Fiorin Ghaigher, quando as plantas estiverem produzindo, as frutas serão destinadas à alimentação das escolas. “Já cultivamos hortaliças na fazenda municipal, agora teremos frutas para enriquecer a alimentação dos nossos alunos”, disse.

Conforme a secretária, os estudantes irão acompanhar, com apoio dos técnicos da Secretaria Municipal de Agricultura (Semag), o desenvolvimento das plantas.

De acordo com a coordenação do Viveiro Municipal, outra área, com dois mil metros quadrados, será preparada para o plantio de árvores frutíferas de porte maior como mangueiras, cajazeiros, abacateiros e jambeiros. Os frutos que serão colhidos nesse outro pomar serão destinados também às escolas.

A Semag está ampliando o espaço do Viveiro Municipal para produzir mais mudas de árvores frutíferas e nativas, que serão disponibilizadas aos produtores rurais, a fim de reflorestarem áreas próximas às nascentes e rios. Hoje o Viveiro conta com 85 mil mudas de para doações. Cerca de 320 mil mudas já foram doadas.

Segundo o prefeito municipal, Roberto Fiorin, todas essas iniciativas fazem parte de um projeto da Semag, que tem objetivo de recuperar áreas devastadas na bacia do Rio Benevente, principal manancial da região, que além de Alfredo Chaves, abastece Anchieta e Guarapari. “Nossa intenção é recuperar áreas devastadas e nascentes, aumentar o volume de água e cuidar do nosso planeta”, disse.

“Iremos incentivar nossos alunos ao plantio de árvores, enriquecer a alimentação das escolas e pretendemos distribuir mais de 200 mil mudas para serem plantadas em áreas próximas à nascentes e rios em todo o município e ainda regiões da bacia do Benevente”, esclarece Fiorin.

Compartilhe

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *