sexta-feira,
21 de junho de 2024

Polícia prende mãe da adolescente que era abusada pelo padrasto em Venda Nova

A equipe da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) de Venda Nova do Imigrante prendeu, nessa quarta-feira (24), a mãe da adolescente de 15 anos que era abusada pelo padrasto e se apaixonou por ele. O mandado de prisão preventiva da mulher de 33 anos foi cumprido na residência do namorado dela, no bairro Esplanada, no município. A ação contou com o apoio da equipe de policiais da 11º Delegacia Regional de Venda Nova do Imigrante.

 

A titular da Deam de Venda Nova do Imigrante, delegada Lorena Robaldo, informou que a mãe teria fugido logo após saber da prisão do ex-companheiro. “Nós tivemos a informação de que a detida teria fugido para o município de Venda Nova do Imigrante. Durante sua estada no município, ela teria morado nas casas de amigos”, informou a delegada.

 

A mãe da jovem vai responder pelo crime de estupro de vulnerável, na modalidade de omissão. Após ser ouvida, ela foi levada para o Centro de Detenção Provisória Feminino de Viana (CDPFV).

 

O caso

 

O padrasto da adolescente foi preso nessa segunda-feira (22), em Cariacica, pela equipe da Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) em conjunto com os policiais da Superintendência de Polícia Interestadual e de Capturas (Supic). 

 

O titular da DPCA, delegado Diego Aleluia, informou que a denúncia foi feita pela vizinha em agosto do ano passado e, desde então, foram iniciadas as investigações. “Os abusos ocorriam enquanto a vítima dormia na mesma cama com o suspeito e a mãe. O crime foi flagrado pela genitora da adolescente que pedia para o suspeito parar, mas ela tinha medo de perder o companheiro e dele sair de casa já que ele era o provedor da família”, relatou.

 

Após a denúncia, o suspeito e a adolescente fugiram para o município de Santa Leopoldina.

 

“A adolescente se apaixonou pelo padrasto e, por isso, aceitou fugir com ele para o interior do Estado onde viviam como casal. Em abril deste ano, os policiais localizaram os dois, mas eles fugiram novamente e, dessa vez, voltaram para Cariacica. O Conselho Tutelar conseguiu retirar a menina do convívio do padrasto e entregá-la ao pai. Mesmo assim, os dois ainda mantinham contato por telefone e estavam planejando fugir do Estado. Diante disso, nós conseguimos a localização do suspeito e cumprimos o mandado. No momento da prisão, ele tentou fugir, mas foi capturado e preferiu ficar em silêncio diante das acusações”, explicou Diego Aleluia.

 

O padrasto foi indiciado por estupro de vulnerável e encaminhado para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Vila Velha.

Compartilhe

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *