quinta-feira,
30 de maio de 2024

Força-tarefa do Governo Estadual começa amanhã (28) em Vargem Alta

Foto: portal Notícia Capixaba

 

Por Clovis Rangel

 

Sete escritórios, sendo três fixos e quatro itinerantes, estarão disponíveis para atendimento ao público a partir de amanhã (28), nos municípios danificados pelas chuvas na região Sul do Estado. Em Vargem Alta, a população atingida será atendida em cinco frente de trabalhos.

 

Na Câmara de Vereadores e na comunidade de Castelinho, os serviços começam amanhã, após às 9 horas. Na quarta-feira, dia 29, a equipe móvel do Estado estará em São José de Fruteiras; na quinta-feira (30), em Jaciguá e na sexta-feira, 31, em Prosperidade.  

 

Nas recepções, serão oferecidos os seguintes serviços: atendimento ao crédito, atendimento ao tratamento tributário para as empresas afetadas, emissão de laudos do Corpo de Bombeiros e Defesa Civil, cadastro para o “Cartão Reconstrução ES”, solicitação da segunda via da Carteira de Identidade, orientação jurídica e cadastramento para consultoria gratuita do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – Sebrae – do Espírito Santo.

 

Esses atendimentos fazem parte de uma força-tarefa emergencial organizada pelo Governo do Estado e coordenada pela Secretaria de Desenvolvimento (Sedes).

 

Consultorias gratuitas

 

As equipes do Sebrae já estão percorrendo os municípios atingidos para fazer um diagnóstico territorial e oferecer ajuda e cadastro aos comerciantes, profissionais liberais, produtores rurais e empresários interessados em linhas de crédito facilitadas.

 

Para esta força-tarefa, a instituição vai atuar integrada com as ações planejadas pelo Governo do Estado. Serão oferecidos R$ 500 mil em consultorias gratuitas, atendimentos em caravanas itinerantes, visitas porta-a-porta e mutirões na Sede de Vargem Alta.

Compartilhe

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.
Array

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *