segunda-feira,
24 de junho de 2024

Homem apontado como o principal traficante da facção criminosa em Vitória é preso em Marechal Floriano

Fotos: Divulgação/Polícia Civil ES

 

Redação

 

A Polícia Civil prendeu o homem apontado como o principal traficante da facção criminosa que atua em Andorinhas, em Vitória, área que tem registrado diversos conflitos armados recentemente. As informações são do G1ES.

 

Rhaony Hansen Cordeiro Soares, de 29 anos, foi encontrado pelos policiais na noite de quarta-feira (28). Ele estava escondido em um sítio de Marechal Floriano, na Região Serrana do estado.

 

O delegado da Divisão Patrimonial, Gabriel Duarte, contou que o criminoso é responsável por ataques em Vitória e também na Serra.

 

No sítio foi encontrada uma pistola de calibre 9 milímetros e munição. Ainda segundo a polícia, o imóvel custa R$ 280 mil e foi comprado por Rhaony com dinheiro vivo.

 

 

"Ficamos semanas monitorando esse suspeito, um criminoso que atira contra policiais e anda sempre armado. Ao chegarmos no local, encontramos um sítio totalmente cercado e com muitos cães para evitar a proximidade de estranhos ao local. Conseguimos evitar qualquer disparo de arma de fogo ao surpreende-lo no local. A prisão é qualificada e precisávamos dessa ação enérgica para conter a situação que ocorre na área de Andorinhas e bairros vizinhos", contou o delegado.

 

Rhaony possui mandados de prisão em aberto por tráfico de drogas. O traficante e um outro homem que estava no sítio foram autuados flagrante por associação ao tráfico e porte de arma de fogo.

 

A polícia agora quer localizar um carregamento de droga que Rhaony teria recebido dias antes da operação realizada em parceria com a equipe operacional da Divisão Especializada em Investigações Criminais (Deic).

 

"Protagoniza as cenas de violência, determina ataques, trocou tiros com a Polícia Militar e abandona a comunidade durante o ataque rival. É um indivíduo violento e ligado ao tráfico de entorpecentes", observou o secretário estadual de Segurança e Defesa Social, coronel Alexandre Ramalho.

Compartilhe

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *