quinta-feira,
18 de julho de 2024

Oportunidade de emprego: Idaf anuncia concurso público para primeiro semestre de 2023

Redação

 

O governador do Estado, Renato Casagrande, autorizou a realização de concurso público para o Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf), para os cargos de Fiscal Estadual Agropecuário e Técnico de Fiscalização e Desenvolvimento Agropecuário. O certame será para contratação imediata e cadastro de reserva de profissionais com formação em Ensino Superior e Técnico, em diversas áreas.

 

De acordo com o diretor-presidente do Idaf, Leonardo Cunha Monteiro, o instituto deu início aos trâmites para realizar até o final do primeiro semestre de 2023 a publicação do edital do concurso. “O novo concurso prevê a contratação de profissionais imediatamente para suprir as vacâncias por aposentadoria e exoneração de servidores, tendo em vista que o último concurso do Idaf aconteceu há mais de dez anos”, disse.

 

Monteiro ainda ressalta que os investimentos que o Governo do Estado está realizando no Idaf, exterioriza as ações de fortalecimento do agronegócio capixaba, em consonância com à proteção do Meio Ambiente. “Além da realização de um novo concurso, recentemente o governo do Estado investiu R$16,4 milhões em melhorias na infraestrutura física e tecnológica do Idaf. O instituto, que está lado a lado do agricultor, faz parte de todas as atividades que acontecem no meio rural, promovendo seguridade a sanidade animal e vegetal, o desenvolvimento agrário e a proteção da Mata Atlântica e a biodiversidade do Estado”, explica. 

 

Para o diretor-técnico do Idaf, Janil Ferreira da Fonseca, que é servidor do instituto, desde 2011, o concurso anunciado pelo Governo do Estado, era esperado por servidores e profissionais da área. “O concurso aprovado pelo governador não só promove melhorias para quem utiliza o Idaf, mas também valoriza os servidores que atuam nele. O concurso também dará a diversos profissionais a oportunidade de ingressar no serviço público em um Órgão tão importante, que oferta 22% dos serviços oferecidos pelo governo estadual aos cidadãos”, destacou.

 

Fonseca ainda destaca a importância de medidas tomadas por esta gestão, como a realização do concurso, para fortalecimento do Órgão. “O Idaf está presente em todos os municípios capixabas. No campo e na mesa de milhares de pessoas. Protegendo as florestas, garantindo a sanidade dos produtos de origem animal e vegetal, dentre outras inúmeras atribuições. Investir no Idaf é contribuir para a geração de divisas e o fortalecimento do agronegócio capixaba”, pontuou.

 

A comissão organizadora do concurso está estudando a quantidade de vagas. Possivelmente haverá vagas para contratação e/ou cadastro de reserva de profissionais com formação em Ensino Superior em Engenharia Agronômica, Engenharia Florestal, Engenharia Cartográfica/Agrimensura, Geografia, Engenharia Química, Engenharia Civil, Engenharia de Alimentos. Já para o nível técnico, as oportunidades devem ser para profissionais com formação em Agropecuária, Cartografia, Agrimensura, Geomática, Geoprocessamento e Laboratório.

 

A remuneração do cargo de Fiscal Estadual Agropecuário, que exige diploma de Ensino Superior é de R$ 6.582,60. Já o cargo de Técnico de Fiscalização e Desenvolvimento Agropecuário, para profissionais de nível técnico, o subsídio será de R$ 3.339,00. Para ambos os cargos, o auxílio alimentação é no valor de R$ 300,00.

Compartilhe

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *