sexta-feira,
12 de julho de 2024

Polícia prende suspeito de homicídio e apreende submetralhadoras e munições em Cachoeiro e Vargem Alta

Redação

A Polícia Civil do Espírito Santo (PCES) realizou, no último sábado (27), uma operação policial no município de Cachoeiro de Itapemirim, que resultou na prisão de um homem de 19 anos e na apreensão de submetralhadoras e munições. O detido é suspeito de ser autor de um homicídio ocorrido na cidade, no dia 25 de março deste ano. 

A ação foi realizada com o apoio da Delegacia de Investigações Criminais (Deic), da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), da Delegacia de Infrações Penais e Outras (Dipo) de Cachoeiro de Itapemirim e da Delegacia de Polícia de Vargem Alta.

No bairro Zumbi, em Cachoeiro de Itapemirim, foram apreendidas duas submetralhadoras, além de munições, carregadores, toucas ninjas e dinheiro. Já no bairro Alto União, também no município, as equipes deram cumprimento a um mandado de prisão em desfavor de um homem de 19 anos, suspeito de ser um dos autores do homicídio que vitimou Erick Lugério de Paula, em 25 de março deste ano.

Em seguida, as equipes realizaram diligências no bairro Zumbi, a fim de verificar denúncia de troca de tiros entre facções, motivada pela disputa do tráfico de drogas da região. Segundo informações, dois traficantes fortemente armados estariam escondidos em uma casa localizada no bairro. No local, os policiais visualizaram uma metralhadora no chão da cozinha. No momento da ação, um homem surgiu com um revólver na mão e, mesmo recebendo voz de prisão, conseguiu evadir pelo fundo do imóvel.

Dentro da casa, foram apreendidas duas submetralhadoras calibre 9 milímetros, além de sete munições do mesmo calibre, dois carregadores de submetralhadoras com capacidade para 30 munições, sete carregadores de pistola 9 milímetros, duas toucas ninjas, R$ 2.855,00 em espécie e uma mala com 56 peças de roupas novas para revenda.

O titular da 7ª Delegacia Regional de Linhares, delegado Rafael Amaral, informou que os criminosos estavam comercializando roupas para camuflar o tráfico de drogas no local.

O conduzido foi encaminhado para o plantão da 7ª Delegacia Regional para as providências cabíveis. Os materiais apreendidos também foram levados para a delegacia.  

Compartilhe

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *