quarta-feira,
29 de maio de 2024

PRF flagra e multa veículo a 179km/h na BR 101

O condutor foi multado em cerca de R$900 e sua CNH, suspensa por até 8 meses

Redação

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) autuou 150 veículos por excesso de velocidade na nesta quarta-feira (28), no intervalo de 12h30 às 14h30, na BR 101, entre Guarapari e Anchieta.

A ação especial da PRF foi realizada com o intuito de coibir a prática e assim evitar acidentes na rodovia, sobretudo no horário, que possui registro de acidentes causados pela infração.

A via tem velocidade máxima permitida de 80 km/h, mas um motorista foi flagrado transitando a 179 km/h, portanto 123% acima da velocidade máxima permitida.

O excesso de velocidade é uma das principais causas de acidentes nas rodovias federais, mas muito insistem na conduta como desculpa para a chegar no horário em seus destinos. As operações visam também conscientizar os condutores, já que a rodovia está sinalizada e com pavimento em boas condições, mas exige uma velocidade limite por conta de traçado, cruzamentos e presença constante de pedestre e ciclistas.

O excesso de velocidade, muito além de multa e pontos na CNH, coloca em risco a segurança do condutor e de quem trafega na rodovia. Quando esse excesso ultrapassa 50% da velocidade limite da via, o infrator tem suspensão direta da habilitação.

Segundo o Código Brasileiro de Trânsito, as penalidades são:

Até 20% acima do limite permitido: R$ 130,16 e 4 pontos na CNH

De 20% até 50% acima do limite permitido: R$ 195,23 e 5 pontos na CNH

Acima de 50% do limite permitido: R$ 880,41 e 7 pontos na CNH, o condutor tem a CNH suspensa e fica impedido de dirigir.

Mais ações como esta, em horários diversos, mas com risco ou registro de acidente graves causados por excesso de velocidade, deverão ocorrer na rodovia até que se perceba uma mudança no comportamento dos motoristas.

Compartilhe

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.
Array

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *