terça-feira,
20 de fevereiro de 2024

Famosas rotas turísticas podem se tornar oficiais

“Proposta parlamentares reconhecem a Rota do Lagarto e o Circuito Caravaggio como rotas turísticas oficiais”

Redação

O Espírito Santo pode ter duas de suas mais famosas rotas turísticas reconhecidas oficialmente. É o que preveem os Projetos de Lei (PLs) 394 e 395/2023, de autoria dos deputados Marcelo Santos (Podemos) e Mazinho dos Anjos (PSDB). O primeiro versa sobre o Circuito Caravaggio, em Santa Teresa. Já o segundo, assinado apenas pelo tucano, trata da Rota do Lagarto, em Domingos Martins.

Os parlamentares justificam que o reconhecimento oficial de rotas turísticas traz benefícios às regiões onde estão localizadas. “A criação e o reconhecimento oficial de uma Rota Turística (…) promove e ordena o empreendedorismo local e, consequentemente, o fluxo turístico de todo o município que está ao seu entorno, propiciando a valorização e o aproveitamento da diversidade de recursos, da infraestrutura e dos serviços turísticos característicos da região, e formadores de sua identidade”, analisam.

Circuito Caravaggio

Segundo o PL 394/2023, o Circuito Caravaggio possui aproximadamente 10 quilômetros de extensão e a rota “se encontra em uma região turística de nosso Estado que recebe turistas do Brasil inteiro, além de capixabas e estrangeiros”. Em seu trajeto, o circuito reúne cerca de 30 empreendimentos de diversos setores, como gastronomia, cultura e arte, além de muitas belezas naturais presentes na região.

Rota do Lagarto

Já o PL 395/2023 informa que a Rota do Lagarto está localizada entre a BR-262 e a Rodovia ES-164, possuindo aproximadamente 8 quilômetros “de uma das paisagens mais lindas do nosso Estado”. O circuito tem início na entrada do Parque Estadual da Pedra Azul e possui diversos estabelecimentos “requintados”, como pousadas, lanchonetes, cafés, bistrôs, restaurantes, lojas de produtos artesanais, serviços de turismo de aventura e ecoturismo, entre outros.

Os autores das proposições acreditam que ambas as rotas firmaram-se como pontos turísticos atrativos, capazes de gerar a valorização dos municípios de Santa Teresa, Domingos Martins, e, até mesmo, de cidades vizinhas. 

Tramitação

Os PLs 394 e 395/2023 foram encaminhados às comissões de Justiça, de Turismo e Desporto e de Finanças para análise e elaboração de parecer.

Compartilhe

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *