quarta-feira,
21 de fevereiro de 2024

Tio e sobrinho são presos suspeitos de roubo a colheitas de café

“Prisões de tio e sobrinho foram executadas durante Operação Aroma”

Redação

A Polícia Civil do Espírito Santo (PCES), por meio da Delegacia Especializada de Investigações Criminais (Deic) de Aracruz, após deflagrar duas fases da Operação Aroma, deu mais um passo nas apurações que investigam roubos de colheita de café na zona rural do Estado e prendeu dois homens suspeitos desse tipo de crime.

As prisões de tio e sobrinho ocorreram na última quinta-feira (06), quando, acompanhados de respectivos delegados, os suspeitos se apresentaram e tiveram cumpridos os mandados de prisão expedidos pela Justiça, em desfavor de ambos.

O titular da Delegacia Especializada de Investigações Criminais de Aracruz, delegado Leandro Sperandio, relatou que, em depoimento, tio e sobrinho confessaram parcialmente o crime. “Eles tentaram apresentar um álibi, mas as provas coletadas refutam a tese apresentada. Sabemos que a dupla é responsável por organizar o delito, tendo sido provado, inclusive, que o lucro do roubo foi depositado na conta bancária de um deles”, detalhou o delegado.

Leandro Sperandio informou ainda que os dois homens foram encaminhados ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Aracruz, onde permanecem à disposição da Justiça. “Nossas ações agora se concentram na localização de outro suspeito de envolvimento no esquema, que segue foragido. Mas a prisão dele é uma questão de tempo”, adiantou o delegado.

Compartilhe

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *