sexta-feira,
14 de junho de 2024

Polícia prende em Cachoeiro foragido da Justiça acusado de matar a companheira em Minas Gerais

“Crime ocorreu em 1993 e acusado estava vivendo em Cachoeiro de Itapemirim há 20 anos”

Redação

A equipe da Delegacia Especializada de Narcóticos (Denarc) de Cachoeiro de Itapemirim, com a Subsecretaria de Inteligência Prisional (Subip) da Secretaria da Justiça (Sejus), prendeu um homem de 57 anos, foragido da Justiça de Minas Gerais. Ele tinha mandado de prisão preventiva em aberto, por matar a própria companheira em 1993, na localidade de Vila Pai Joaquim, município de Francisco Badaró, em Minas Gerais.

O homem foi localizado no bairro Nossa Senhora da Penha, em Cachoeiro de Itapemirim, no sul do Espírito Santo, nessa quarta-feira (19). Segundo os levantamentos, o homem estava morando no Espírito Santo desde 2003.

“A equipe da Subsecretaria de Inteligência Prisional da Sejus deu início aos levantamentos e solicitou apoio da nossa delegacia. Os investigadores da Denarc de Cachoeiro de Itapemirim passaram a realizar diligências e confirmaram o endereço do foragido, realizando a prisão dele”, informou o titular da Delegacia Especializada de Narcóticos, delegado Felipe Vivas.

O detido não ofereceu resistência e foi encaminhado para o plantão da Delegacia Regional de Cachoeiro de Itapemirim. Após os procedimentos de praxe, ele foi conduzido ao sistema prisional, onde permanece à disposição do Poder Judiciário, a quem compete decidir sobre possível transferência do detido para o Estado de Minas Gerais.

Compartilhe

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *