quinta-feira,
30 de maio de 2024

PCES prende três investigados em Cachoeiro em sete dias

Redação

A Polícia Civil do Espírito Santo (PCES), por meio da Delegacia de Infrações Penais e Outras (DIPO), Delegacia Especializada em Narcóticos (Denarc) e da 7ª Delegacia Regional (DR) de Cachoeiro de Itapemirim, prendeu três investigados em sete dias no município de Cachoeiro de Itapemirim.

Na última sexta-feira (21), a PCES deu cumprimento a mandado de busca e apreensão no distrito de Coutinho, em Cachoeiro de Itapemirim. Durante a ação, um homem foi preso por porte ilegal de arma de fogo e pela posse ilegal de uma ave silvestre. Por meio das investigações, foi possível localizar a residência do investigado, no distrito de Coutinho. 

No local, foram apreendidos um revólver calibre 32, uma pistola calibre 45 com sete munições, um simulacro de arma de fogo, documentos falsos e uma ave silvestre com sinais de maus-tratos e sem a devida documentação. O homem foi preso em flagrante e conduzido ao Plantão da 7ª Delegacia Regional de Cachoeira de Itapemirim para as medidas pertinentes. 

Além dessa ação, na quinta-feira (20), a Delegacia de Infrações Penais e Outras (DIPO) prendeu um homem de 66 anos, em cumprimento a mandado de prisão, no bairro Aquidaban, condenado pela prática de jogos de azar. 

Já no dia 14 deste mês, um outro homem, de 21 anos, também foi detido pela DIPO, em cumprimento a mandado de prisão, no bairro São Luiz Gonzaga, condenado pela prática de tráfico de drogas. O mesmo estava evadido do sistema prisional.

Compartilhe

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.
Array

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *