sábado,
13 de abril de 2024

Polícia Civil prende suspeito de roubar e executar motorista de aplicativo em Sooretama

O crime aconteceu no dia 30 de junho. Dois suspeitos já foram presos e o terceiro continua foragido

Redação

A Polícia Civil do Espírito Santo (PCES), por meio da Delegacia de Polícia (DP) de Sooretama, realizou uma operação policial na tarde dessa terça-feira (15), no Centro de Sooretama, que resultou na prisão de um homem de 19 anos. Ele é suspeito de executar a tiros e golpes de faca um motorista de aplicativo, Joabson Feitosa da Silva, de 29 anos, no dia 30 de junho, na zona rural do município de Sooretama, próximo ao distrito de Juncado.

Após levantamentos, as equipes descobriram o local onde o alvo estava escondido, cercaram e invadiram o imóvel. Mesmo com o cerco policial, o investigado ainda tentou fugir, mas foi contido pelos policiais quando tentava pular o muro. Em desfavor dele, havia um mandado de prisão em aberto.

Investigações apontam que, na noite do crime, a vítima foi chamada para uma corrida de aplicativo e levaria dois indivíduos a um determinado local. Nessa primeira viagem, os criminosos perceberam que o motorista estava com uma boa quantia em dinheiro.

Horas depois, a vítima foi chamada novamente. Desta vez, uma mulher de 29 anos serviu como “isca” para buscar os suspeitos. Assim que chegou ao destino, o motorista foi rendido pelos suspeitos e teve os pertences roubados. Em seguida, eles levaram a vítima para a região rural de Juncado e a executaram com golpes de faca e disparo de arma de fogo. Após o crime, os três criminosos retornaram para Sooretama e abandonaram o veículo.

Segundo o chefe da 16ª Delegacia Regional de Linhares, delegado Fabrício Lucindo, os policiais civis de Sooretama descobriram toda a trama e também levantam que os autores do crime fugiram da região de Sooretama nos dias seguintes ao crime. “No dia 06 de julho, os policiais civis de Sooretama, com o apoio de policiais civis de Linhares e Colatina, realizaram operação policial no município de Colatina e localizaram e prenderam a suspeita, que, em interrogatório, confessou a ativa participação dele no latrocínio”, informou.

O delegado Fabrício Lucindo esclareceu ainda que o terceiro envolvido continua foragido e a Polícia Civil continua as buscas para localizá-lo e prendê-lo. “Quem tiver informações sobre o paradeiro do indivíduo, basta ligar para o Disque-Denúncia 181, que tem sigilo totalmente garantido. Assim, a população ajuda a Polícia Civil a prender os criminosos”, frisou Lucindo.

Após o interrogatório, o conduzido foi encaminhado ao Presídio Regional de Linhares, onde vai permanecer à disposição da Justiça.

Compartilhe

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.
Array

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *