quarta-feira,
29 de maio de 2024

CIAT e PMRJ prende suspeito que comandava o tráfico de drogas em Conceição do Castelo e Cachoeiro

“Considerado de alta periculosidade, o suspeito foi detido no bairro Madureira na cidade do Rio de Janeiro”

Redação

Um homem de 24 anos considerado de alta periculosidade pela Polícia Civil do Estado do Espírito Santo (PCES) foi detido nesta quinta-feira (21), durante uma operação conjunta em Madureira, zona Norte do Rio de Janeiro. Ele tinha dois mandados de prisão preventiva por homicídio e dois por tráfico de drogas.

As investigações da PCES, realizadas por meio do Centro de Inteligência de Análise Telemática (Ciat) Serrana e da Delegacia Especializada de Homicídio de Proteção à Pessoa (DHPP) de Venda Nova do Imigrante, com apoio da Subsecretaria de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Sesp), apontaram que o detido comandava o tráfico de drogas do bairro Marbrasa, em Cachoeiro de Itapemirim e, na cidade de Conceição do Castelo.

Além desses crimes, ele também é investigado por outros homicídios na região de Venda Nova do Imigrante, inclusive como possível mandante de um deles.

“Em 2021, iniciou-se uma guerra em Conceição do Castelo em que ocorreram alguns homicídios. Na época a organização criminosa Primeiro Comando de Vitória (PCV) tentava se estabelecer na região, que era comandada pela organização criminosa do detido, o Terceiro Comando Puro (TCP). Em 2022, ele teria fugido para o Rio de Janeiro, e se escondido na comunidade de Cavalcante, no bairro Madureira. Durante quatro meses ele foi monitorado por nossa equipe”, disse o coordenador do Centro de Inteligência de Análise Telemática (Ciat) Serrana, delegado Alberto Roque.

Segundo o delegado, o detido já é réu em um homicídio que ocorreu em Cachoeiro de Itapemirim. O suspeito enterrou a vítima com o dedo para fora por tê-lo denunciado à Polícia. O crime ocorreu no dia 06 de março de 2022, no bairro Doutor Gilson Carone, em Cachoeiro de Itapemirim.

Ao tomar conhecimento que ele sairia da comunidade, a equipe solicitou apoio a Polícia do Rio de Janeiro. O suspeito foi detido no momento em que chegava a um Posto Médico. “A integração entre as Polícias Civis do Espírito Santo e do Rio de Janeiro foi fundamental para esse resultado”, afirmou o delegado.

Ele foi detido e encaminhado à 29ª Delegacia de Polícia de Madureira para sua regular custódia. De lá, o suspeito foi encaminhado para o sistema prisional do Rio de Janeiro, permanecendo à disposição da Justiça capixaba.

Compartilhe

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.
Array

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *