sexta-feira,
14 de junho de 2024

Foragido por duplo homicídio em Cachoeiro é preso em Vargem Alta

“A prisão foi realizada na zona rural do município de Vargem Alta.”

Redação

A Polícia Civil do Espírito Santo (PCES), por meio da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Cachoeiro de Itapemirim, realizou operação nessa quarta-feira (25) e prendeu um indivíduo, de 35 anos, envolvido em dois homicídios consumados e um tentado, ocorridos neste ano no município de Cachoeiro de Itapemirim.

A operação também contou com o apoio de policiais da Delegacia Especializada de Investigações Criminais (Deic), Delegacia Especializada em Narcóticos (Denarc) de Cachoeiro de Itapemirim, do Centro de Inteligência e Análise Telemática (CIAT) Sul e da Delegacia de Polícia (DP) de Vargem Alta.

O indivíduo, que estava foragido da Associação de Proteção e Assistência ao Condenado (APAC) de Cachoeiro de Itapemirim desde março deste ano, foi localizado na zona rural de Vargem Alta.

“Durante as diligências, em local de difícil acesso, conseguimos efetuar a prisão do suspeito. Ele chegou a tentar fugir e se esconder no meio dos cafezais, mas não obteve sucesso”, explicou o titular da Delegacia Especializada de Investigações Criminais e da Delegacia de Polícia de Vargem Alta, delegado Rafael Amaral.

“Esse indivíduo era considerado o homicida mais procurado do nosso município e é uma importante prisão para a região. Continuaremos nosso trabalho para elucidar crimes dessa natureza e colocar os criminosos atrás das grades. Um indivíduo de altíssima periculosidade que não deveria ser agraciado em cumprir pena na APAC, o que nos leva a pensar que talvez seja o momento de reavaliar os critérios para essa concessão”, afirmou o titular da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Cachoeiro de Itapemirim, delegado Felipe Vivas.

O homem foi flagrado na posse de porções de crack, maconha e munições e encaminhado à Delegacia Regional de Cachoeiro de Itapemirim. Após os procedimentos de praxe, ele foi encaminhado ao Centro de Detenção Provisória de Cachoeiro de Itapemirim, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Compartilhe

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *