quarta-feira,
29 de maio de 2024

Aprovado projeto de Lei que Declara a Festa do Tropeiro Patrimônio Cultural Imaterial do Estado

“A matéria de autoria do deputado Marcelo Santos segue agora para sanção do governo do estado”.

Redação

Na sessão ordinária desta quarta-feira, dia 29, os deputados estaduais da Assembleia Legislativa do Espírito Santo aprovaram, o projeto de lei de autoria do deputado Marcelo Santos, que declarar a Festa do Tropeiro, realizada no município de Ibatiba, como patrimônio cultural imaterial do estado.

“A criação e manutenção da Festa do Tropeiro impulsionaram o turismo local e a economia da região, transformando Ibatiba na reconhecida “Capital Capixaba do Tropeiro”. Este reconhecimento oficial como Patrimônio Cultural Imaterial reforça a importância do evento não apenas para Ibatiba, mas para todo o Estado do Espírito Santo”, comemorou o deputado Marcelo Santos.

Com quase duas décadas de tradição desde sua fundação em 2003, a Festa do Tropeiro se tornou um evento emblemático, desempenhando um papel fundamental na construção da identidade cultural tropeira de Ibatiba. Desde então, a Associação da Festa do Tropeiro (AFETROPE) tem se dedicado a destacar os elementos culturais e resgatar a jornada histórica dos pioneiros tropeiros da antiga Vila do Rosário.

A cada edição, a festa resgata e reforça aspectos fundamentais da cultura tropeira, incluindo gastronomia típica, trajes tradicionais, a herança familiar e o contexto histórico que marcaram a região. Essa celebração anual tornou-se uma das mais tradicionais não apenas em Ibatiba, mas em toda a região, contribuindo significativamente para a valorização e preservação dessa rica herança cultural.

O legado dos tropeiros também se reflete em locais marcantes da cidade, como no Museu dos Tropeiros e no Monumento aos Tropeiros, na BR 262, que mantêm viva a memória desse importante período histórico.

Agora a matéria segue para o Poder Executivo, para sanção do Governo do Estado.

Compartilhe

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.
Array

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *