sábado,
15 de junho de 2024

‘Fruta-do-imperador’: árvore rara e ameaçada de extinção é encontrada na Reserva Biológica Duas Bocas

Redação

Uma árvore nativa rara, a Guapeba (Chrysophyllum imperiale), também conhecida como fruta-do-Imperador ou árvore-imperial, foi encontrada na Reserva Biológica de Duas Bocas (Rebio), localizada em Cariacica. Atualmente, menos de 50 indivíduos adultos são encontrados na natureza nos estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo, sendo a espécie considerada extremamente ameaçada de extinção.

Encontrar essa espécie no Espírito Santo aumenta o número de indivíduos conhecidos e melhora o conhecimento sobre o seu status de ameaça. A fruta-do-Imperador foi muito apreciada pela família real portuguesa, por seus frutos suculentos e doces. É uma árvore de grande porte que tinha sua madeira utilizada na construção naval.

 “A descoberta dessa planta na Rebio vai além de sua importância para a ciência, demonstra que necessitamos muito de conhecimento de nossa flora. Apesar das inúmeras pesquisas já realizadas na Unidade de Conservação (UC), nesses 58 anos de existência, somente agora após a abertura de uma nova trilha para Educação Ambiental foi possível a sua identificação, demonstrando que nossas pesquisas em muitas vezes ficam restritas às áreas de influência das trilha existentes e nos traz a pergunta: Quantas espécies escondidas ainda temos na Rebio?”, disse o gestor UC, Rafael Lorenzon Boni.

A descoberta aconteceu durante uma vistoria de identificação de espécies. O botânico e pesquisador da Vale, Geovane Siqueira, participou da descoberta e identificação da espécie junto com o professor Anderson Araújo, da Universidade Federal da Bahia (UFBA). “Com esse registro, damos mais um passo para ampliar o conhecimento sobre a biodiversidade brasileira e para subsidiar políticas de conservação e preservação”, reforça Siqueira.

A descoberta foi possível graças a uma parceria realizada entre o Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Iema), gestor da UC, e a Vale, por meio do acordo de cooperação técnica 003/2020, que tem o propósito de mútua colaboração entre os participantes na conjunção de esforços de apoio nas atividades de proteção ecossistêmica das áreas de abrangência da Reserva Biológica (Rebio) de Duas Docas e do Monumento Natural Serra das Torres (Monast).

Compartilhe

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *